Polícia

em 9 março, 2018

Alunos da UFRN denunciam professor que proibiu aluna de assistir aula com a filha

Nesta quinta-feira (8), alunos de Ciências Sociais da UFRN entraram com uma representação no departamento que gere o curso, pedindo que a Universidade investigue o que houve na aula de Introdução à Sociologia na última terça-feira (6). O professor que ensina a disciplina, Alípio de Sousa Filho, proibiu uma estudante de voltar à aula acompanhada da filha, uma menina de cinco anos, segundo relatos. De acordo com o G1/RN e segundo o chefe de departamento do curso, professor César Sanson, a representação está assinada pelo Coletivo Acadêmico de Ciências Sociais.

Sanson afirmou que encaminhou o pedido à secretaria do Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes (CCHLA) e que, logo mais, o documento será enviado à reitoria. “Lá a reitora vai apreciar se irá, ou não, criar uma comissão de sindicância para apurar os fatos”, explica. De acordo com Sanson, este é o procedimento padrão. “Me senti muito mal. Minha filha perguntou se não podia mais assistir às minhas aulas. Se era por causa dela. É uma grande humilhação. A única família dela sou eu. Ela só tem a mim. Foi terrível”, disse a aluna Waleska Maria Lopes.