Rituais da Boa Mesa - rituaisdaboamesa@gmail.com

Janaina Amaral

Como fazer Filé com Espaguete no Molho Pesto

21 de Novembro 2018 - 06:00

Ingredientes:

500g de Espaguete 

8 medalhões de filé com 200g cada

150ml de azeite

2 xícaras de folhas de manjericão

1 dente de alho

80g de queijo parmesão ralado

50g de amêndoas

Sal a gosto

Pimenta a gosto

400g de manteiga

Salsa a gosto

 

Modo de Preparo: 

1 - Cozinhe o espaguete em água e sal por 6 minutos. Escorra e reserve.

2 - Tempere os medalhões de filé com sal e pimenta do reino a gosto.

3 - Sele os medalhões de filé em uma panela com um fio de azeite.

4 - Coloque no liquidificador as folhas de manjericão, o alho, o azeite, as amêndoas, o queijo parmesão, o sal e a pimenta do reino. Bata bem até se transformar em um molho homogêneo.

5 - Misture a manteiga com a salsa picada e separar em oito porções. Leve para o freezer até congelar.

Montagem:

1 - Disponha em um prato o ninho de espaguete, o molho pesto sobre o espaguete.

2 - Coloque o medalhão de filé em cima do molho pesto e finalizar com a manteiga de ervas e sirva.

Versão recheada de Cuca Salgada vai deixar o seu dia mais gostoso!

20 de Novembro 2018 - 09:42

A cuca é um bolo inspirado na receita de Streuselkuchen, tradicional da cultura alemã. Aqui no Brasil, existem diversas formas de preparar esta delícia e a mais famosa é a cuca doce, com variações em seus ingredientes, como maçã, morango, goiabada ou limão, por exemplo.

Trouxe uma sugestão um pouco diferente, mas incrivelmente deliciosa: Cuca Salgada de Toscana.

Além de salgada, esta versão ainda conta com um recheio especial que vai deixar o pessoal de casa apaixonado!

Veja o modo de preparo abaixo:

Ingredientes:

Massa:

1 xícara de leite integral

1/2 xícara de óleo vegetal

3 ovos

2 xícaras de Farinha de Trigo Tipo I (sem fermento)

1/2 xícara de farinha de rosca

4 colheres de sopa de queijo ralado

2 colheres de sopa de fermento em pó

Sal a gosto

Pimenta-do-reino a gosto
 

Recheio:

2 linguiças toscana (fora da pele)

1 colher de sopa de azeite

1 cebola picada

1 tomate picado

1/4 de maço de salsinha

100g de catupiry
 

Farofa:

4 colheres de sopa de queijo ralado

1/4 de xícara de farinha de rosca
 

Modo de Preparo:

Massa:

- Leve todos os ingredientes líquidos ao liquidificador e bata. Adicione aos poucos os secos, menos o fermento.

- Quando todos os ingredientes estiverem incorporados, desligue-o. Adicione o fermento em pó e misture com uma colher.

Recheio:

- Em uma frigideira, coloque o azeite e refogue a cebola. Adicione a linguiça sem a pele, cozinhe até ela ficar dourada e mexa bem.

- Adicione o tomate e a salsinha e deixe-os cozinhar por 3 minutos; reserve.

Farofa:

Misture os dois ingredientes e reserve.

Montagem:

Em uma travessa untada, monte uma camada da massa, o recheio, o catupiry, o restante da massa e polvilhe a farofa por cima. Asse a cuca a 180ºC até dourar, aproximadamente 35 minutos.

Porções: 10 a 12 porções, dependendo da forma.

Parafuso com tomate cereja e manjericão gratinado

17 de Novembro 2018 - 06:00

Ingredientes:

500g de Parafuso
150g de cebola picada
15g de alho picado
150ml de azeite
300g de tomate cereja
600ml de molho de tomate
Manjericão a gosto
400g de muçarela
100g de parmesão
Sal a gosto
Pimenta do reino a gosto


Modo de Preparo:

1 - Cozinhe o Parafuso em água e sal por 8 minutos.

2 - Reserve o Parafuso cozido.

3 - Em uma panela, coloque o azeite, o alho e a cebola. Deixe refogar.

4 - Acrescente os tomatinhos cerejas cortados em 4.

5 - Coloque o molho de tomate.

6 - Tempere com sal, pimenta do reino e folhas de manjericão a gosto.

7 - Misture o Parafuso cozido com o molho de tomate.

8 - Coloque em uma panelinha e disponha alguns pedacinhos de muçarela e queijo parmesão ralado.

9 - Leve para o forno até o queijo derreter.

10 - Servir.

 

Aproveite o feriadão com receita superfácil: Carbonara Express

15 de Novembro 2018 - 06:01

Se tem uma coisa que o brasileiro adora, é um bom feriado. Prolongado, então? Não tem coisa melhor! Ficar em casa curtindo a família ou até arranjar um lugarzinho na praia parece um sonho para quem tem uma rotina corrida e mal pode esperar o fim de semana chegar para conseguir uns dias de descanso.

Mas, a carta curinga para deixar este momento mais gostoso é saborear um delicioso prato e transformar o feriado em algo muito mais especial. O legal é que existem várias opções incríveis de receitas muito fáceis de fazer, como o Carbonara Express.

Além de ficar pronto em 20 minutos, é a massa ideal para qualquer ocasião, seja no almoço ou no jantar, sozinho ou acompanhado. Assim, você não precisa gastar horas na cozinha, consegue um resultado inesquecível e ainda dá para aproveitar cada minuto com as pessoas que amamos.

É a combinação perfeita para o feriado! Agora é só fazer a sua programação e preparar esta maravilha.

Veja o modo de preparo abaixo:
 

Como fazer Carbonara Express

Ingredientes:

1 pacote de Spaguetti Express

150g de bacon cortado em tiras

½ de creme de leite

1 ovo

½ cebola

Salsa picada a gosto
 

Modo de Preparo:

- Em uma frigideira, frite o bacon, na própria gordura, até dourar, adicione a cebola e refogue-os.

- Adicione o creme de leite e mexa por 3 minutos.

- Cozinhe o macarrão e adicione imediatamente a mistura de bacon com creme de leite.

- Coloque o ovo inteiro na mistura e apague o fogo.

- Envolva tudo com a ajuda de dois garfos: o ovo deve cozinhar no calor do molho e da massa.
 

Tempo de Preparo: 20 minutos

Porções: 4 porções

Confira as palestras e restaurantes que participam do Natal Fest Gourmet, dentro do Natal em Natal

15 de Novembro 2018 - 06:00

As novidades da gastronomia potiguar e os temas em pauta entre os chefs e pesquisadores natalenses terão um espaço especial no II Natal Fest Gourmet. A oportunidade será no Seminário Técnico Gastronômico, que integra a programação do festival nos dias 22, 23 e 24 de novembro, no Terminal Marítimo de Passageiros do Porto de Natal, acesso pela rua Chile, Ribeira. O seminário, assim como o festival, terá acesso gratuito para todos os públicos.

Inserido no calendário do Natal em Natal, o Natal Fest Gourmet contará com patrocínio da Prefeitura de Natal e Unimed Natal através da Lei Djalma Maranhão de Incentivos Culturais. Também contará com ações de entidades parceiras de grande atuação na formação do mercado profissional do Rio Grande do Norte. O SENAC-RN participa com as oficinas da Arena Senac de Gastronomia. O SENAI terá espaço para mostrar ao público seu setor de panificação, o SESI aborda o reaproveitamento alimentar (Cozinha Brasil). O SESC-RN será responsável pela ativação musical e o SEBRAE-RN com exposição de produtos de terroir potiguar.

No segmento de restaurantes, o público poderá conferir pratos a preços módicos elaborados pelos restaurantes Totoia Restaurante, Paçoca de Pilão, Cozinha Ecológica Debora Sá, Cordeiro Chique, Chopp e Camarão, Johnny e Joey, Massa Fina, Caroli Doces e CrooksCookie. Para a criançada, o Natal Fest Gourmet reservou um lugar especial com o espaço kids coordenado pela empresa Divirta Kids, que oferece atividades criativas e monitores experientes. O espaço será instalado no primeiro andar do Terminal, oferecendo comodidade e segurança para pais e crianças. A programação contará ainda com feirinha de produtos gastronômicos.

PALESTRAS ESPECIAIS

Os palestrantes convidados para o Seminário Técnico de Gastronomia são pessoas ativas em seu segmentos gastronômicos e abordarão as boas novas do segmento queijeiro potiguar aos experimentos de azeites e temperos, passando pela cozinha vegana e a importância de se trabalhar a identidade cultural na gastronomia.

Na quinta-feira (22) a abertura será com o tema “Gastronomia e Identidade Cultural” pela pesquisadora de cozinha potiguar Adriana Lucena. A chef e proprietária do sítio Aroeira e uma ativista do movimento mundial Terra Madre, que luta por uma gastronomia que valorize toda a cadeia produtiva. A chef participa de eventos pelo Brasil sobre temas como queijos artesanais, mel de Jandaíra e pimentas nativas.

O mestre cervejeiro Fábio DeSilva, criador da cerveja artesanal Perversa, falará na sequência (às 20h) sobre “Cervejaria Artesanal e Mercado Cervejeiro no RN”. Na sexta-feira (23), o Seminário será aberto às 19h pelo laticinista Raoni Cabogim, que falará sobre “Tendências dos queijos artesanais potiguares”. Logo após, às 20h, a especialista em comida vegana e empreendedora do restaurante Cozinha Ecológica, chef Deborah Sá, fará uma abordagem sobre o tema pelo viés da cozinha contemporânea. No sábado, o seminário será reaberto pela chef e pesquisadora Gabriela Sales, representando a Funcarte. Ela fará uma leitura atual sobre diversidade alimentar — “PANCs: a revolução alimentar brota nas hortas comunitárias”. No encerramento, a partir das 20h, os participantes vão contar com a fala do mago dos temperos Sérgio Motta, proprietário da Korin. Seu tema será “A Alquimia dos temperos e azeites”. 

HOMENAGEM

Durante os três dias, haverá ainda uma feira de produtos gastronômicos com novidades no setor, entre alimentos, bebidas e equipamentos, além de espaço para ingredientes locais. A boa música completa a programação com duas atrações por noite.

O Natal Fest Gourmet também irá homenagear ainda uma personalidade da gastronomia potiguar, com o Prêmio Le Magnifique Chef, entregue no encerramento das oficinas. No ano passado, o homenageado foi o chef francês radicado no RN, François Schmmit. Este ano, o convidado para receber a homenagem é Tadeu Lubambo, criador do Camamo, que tem uma contribuição significativa no fomento da gastronomia potiguar.

“O festival será a oportunidade dos natalenses e turistas aproveitarem um ambiente único, que junta gastronomia, cultura e turismo, neste novo espaço de frente para o Potengi, tal como nas grandes cidades turísticas que tem atividades culturais e gastronômicas à margem de seus rios. É um dos recantos mais bonitos de Natal”, avaliou o diretor do Natal Fest Gourmet, Habib Chalita. O produtor destaca o acesso livre para o público, sem cobrança de ingresso.

O LOCAL

De acordo com Habib Chalita, a escolha tem relação direta com o objetivo do festival, que é dar o pontapé para colocar Natal na capital gastronômica do Nordeste durante o período. O projeto está inserido na programação do Natal em Natal, promovido pela Prefeitura do Natal.

O Terminal Marítimo de Passageiros foi construído com recursos do Governo Federal e é administrado pela Codern (Companhia Docas do Rio Grande do Norte). Foi entregue à cidade há alguns meses. Sua estrutura ampla e moderna começa a ser utilizada tanto de desembarque de turistas que viajam de navio, como para eventos culturais do calendário da cidade. A estrutura conta com dois pavimentos internos, salões de eventos, um mirante e a faixa que margeia o cais. Também possui banheiros e elevadores. O local acomoda mais de 2 mil pessoas, de acordo com dados da Codern. No século passado, no prédio de acesso ao terminal funcionou um frigorífico.

SERVIÇO

I Natal Fest Gourmet

Dias 22, 23 e 24 de novembro, nas novas instalações

Do Terminal Marítimo de Passageiros de Natal, rua Chile, Ribeira.

Acesso gratuito. 

ASSESSORIA DE IMPRENSA

Fatonovo Comunicação

84 999743839

Fotos do Natal FestGourmet: Rogério Vital

foto do Terminal: Codern/Cedida

 

 

Seminário Técnico de Gastronomia

DIA 22.11

19hs – Adriana Lucena: “Gastronomia e identidade cultural”

20hs – Fábio DeSilva: “Cervejaria artesanal e mercado cervejeiro potiguar”

 

DIA 23.11

19h Raoni Cabogim: “Tendências dos queijos artesanais do RN”

20h – Deborah Sá: “O vegano na gastronomia contemporânea”

 

DIA 24.11

19h Gabriela Sales: “As Pancs: A revolução alimentar brota das hortas comunitárias”

20h – Sérgio Motta: “A alquimia dos Azeites e Temperos”

Rabo de Galo é o drink a base de Cachaça mais consumido do Brasil

14 de Novembro 2018 - 06:00

drink Rabo de Galo, assim como a Caipirinha, é um patrimônio cultural do Brasil com 64 anos de história. Sua propagação começou na cidade de São Paulo com a chegada de uma fábrica de bebidas nos anos 50. A indústria queria atender os anseios alcoólicos dos imigrantes italianos. No entanto, estes consumidores encantados pela Cachaça não bebiam mais o Vermute, mas apreciavam muito o “ouro líquido brasileiro”.

Assim, foi criada uma mistura dos dois, inclusive com copo exclusivo, que continha marcação das doses. Segundo relatos, o fundo do copo era mais grosso para aguentar a batida no balcão, na volta do gole. Inclusive, a bebida era para ser chamada de Cocktail, mas a idéia foi rapidamente descartada e substituída pela tradução da palavra em inglês Cocktail, que, em português, significa Rabo de Galo.   

O Rabo de Galo, que inicialmente tinha em sua proporção original 2/3 de Cachaça para 1/3 de Vermute, nos dias de hoje não tem uma receita exata e nem há uma técnica fixa de preparo: as bebidas podem ser misturadas num mixing glass com gelo ou no próprio copo de servir.

Com essas nuances de preparo se tornou o drink mais consumido pela boemia no país. Para se ter uma idéia, dos 1,3 bilhões de litros de Cachaças consumidos nos estados brasileiros, cerca de 70% é de Rabo de Galo, segundo os organizadores do II Concurso Nacional do Rabo, que acontecerá em 3 de dezembro em São Paulo.  

Este evento reunirá bartenders e mixologistas de todo país que prepararão receitas inéditas da bebida e o público poderá degustar gratuitamente as Cachaças expostas no encontro. O II Concurso Nacional do Rabo de Galo será das 13h às 20h, no Leques Brasil Hotel Escola, na Rua São Joaquim, 216 - Liberdade. Para mais informações, acesse: www.facebook.com/pg/rabodegalo.oficialbrasil 

Em 2017, o evento atraiu centenas de pessoas interessadas em conhecer mais sobre a origem do drink e seus variados sabores, sendo um verdadeiro sucesso.

“Temos o propósito de promover a Cachaça e criar uma grande possibilidade de diversificação de seu uso em cocktails. Para isso, vamos reunir um grande número de bartenders para uma festa de criações diversas e receitas exclusivas do Rabo de Galo, despertando o interesse das pessoas, em relação ao sabor da bebida e sua história”comenta o Mestre Derivan, um dos idealizadores do evento.  

Este movimento visa ainda levar o Rabo de Galo a alçar vôos mais altos. O objetivo é que este drink seja o segundo coquetel brasileiro à base de Cachaça a ser inserido na lista da IBA - International Bartenders Association.

Essa seleta lista conta com quase 100 drinks considerados os clássicos do mundo e tem como base diversos destilados. Todo barman precisa conhecer e saber fazer estes cocktails.

O Brasil já consta nesta listagem com a Caipirinha, que é um drink muito apreciado e conhecido no mundo, sendo a responsável pela disseminação do consumo de Cachaça no mercado internacional.

“Queremos aumentar a presença brasileira nesta carta da IBA. Esta inclusão será uma nova jornada e um grande passo para a nossa coquetelaria e também para a Cachaça”, explica Daniel Júlio, um dos idealizadores do concurso.  

Como fazer Salada de Gnocchi com Melão e Presunto

13 de Novembro 2018 - 06:00

Pode comemorar, pois estamos na estação mais florida do ano, a Primavera. Com clima ameno e dias mais chuvosos, essa estação tem o poder de transformar a paisagem, trazendo mais cor e vida para a natureza.

É o período ideal para elaborar pratos mais coloridos e refrescantes, como saladas à base de carboidratos, fibra e proteínas. Tudo isso fica mais gostoso sabendo escolher o melhor tipo de massa!

Aprenda então com uma receita deliciosa que rende até 5 porções, ideal para dividir com a família e amigos: Salada de Gnocchi com Melão e Presunto.

Aproveite esta época agradável e tenha dias mais leves, equilibrados e felizes junto das pessoas que você ama!

Veja o modo de preparo abaixo.

Ingredientes:

Salada
1 embalagem de Gnocchi Grano Duro (500g)
2 fatias médias de melão em cubos
150g de presunto em cubos
200g de queijo provolone ralado grosso
100g de uvas passas
Sal

Vinagrete de Melão
6 colheres (sopa) de azeite
1 colher (sopa) de suco de limão
4 colheres (sopa) de creme de leite
1 dente de alho pequeno
2 fatias médias de melão
Sal e pimenta-do-reino a gosto

Para decorar
Salsinha picada a gosto
Folhas de hortelã para decorar

Modo de Preparo:
- Comece preparando o vinagrete de melão. Bata no liquidificador todos os ingredientes, acerte o sal, tempere com a pimenta-do-reino e reserve.  
- Em uma panela grande ferva 5 litros de água com sal e cozinhe a massa. Para isso, coloque a massa e mexa de vez em quando, até que a água volte a ferver. Deixe cozinhar de 9 a 11 minutos ou até que fique “al dente”, ou seja, macia, porém resistente à mordida.
- Escorra a massa e esfrie em água corrente. Coloque em uma travessa grande, acrescente o vinagrete de melão e envolva com a ajuda de dois garfos grandes.
- Junte o melão, o presunto, o queijo provolone, as uvas passas e misture com a massa delicadamente. Decore com a salsinha e as folhas de hortelã. Sirva a seguir.

Rendimento: 5 porções

Fonte: Adria

Receita: Linguine com Camarões ao Cheddar

12 de Novembro 2018 - 06:00

Ingredientes:

500g de Linguine

500ml de creme de leite fresco

3 colheres de sopa de manteiga com sal

200g de cheddar

500g de filé de camarão grande

1 cebola pequena cortada em tiras

2 dentes de alho picados

Salsinha desidratada a gosto

Sal e pimenta a gosto

Modo de Preparo:

- Cozinhe o Linguine para que fique bem soltinho.

-Coloque a manteiga numa panela e deixe derreter. Depois coloque a cebola e o alho e refogue um pouco. Acrescente logo em seguida os camarões e a salsinha.   

- Tempere tudo com sal e pimenta. Acrescente o creme de leite e espere reduzir um pouco.

- Quando estiver cremoso acrescente o Cheddar.

- Misture o molho a massa e sirva.

Como fazer Barcas de Pão Sírio com Creme de Limão Siciliano

10 de Novembro 2018 - 06:00

Ingredientes

Creme de limão siciliano:
4 colheres (sopa) de Creme de Queijo Minas Frescal
2 colheres (sopa) de suco de limão siciliano
2 colheres (sopa) de leite
Raspas de 1 limão siciliano

Barcas:
½ cebola descascada e cortada em fatias finas
1 colher (sopa) de azeite
1 abobrinha cortada em cubos pequenos
1 tomate cortado em cubos pequenos
Orégano seco a gosto
Salsinha seca a gosto
Pimenta-do-reino preta moída a gosto
1 colher (café) de sal
2 colheres (sopa) de amêndoas picadas
4 pães sírios pequenos cortados ao meio

Modo de preparo

Creme de limão siciliano:
- Em um recipiente, misture o Creme de Queijo Minas Frescal o suco de limão, o leite e as raspas. Reserve.

Barcas:
- Em uma frigideira, doure a cebola no azeite, acrescente a abobrinha, o tomate, o orégano, a salsinha, a pimenta e o sal e refogue rapidamente; junte as amêndoas e misture;
- Abra as metades de pão sírio e preencha-as com os vegetais refogados, formando uma “barca” recheada. Sirva com o creme de limão siciliano.

Rendimento: 4 porções
Tempo de preparo: 30 minutos

 

Receita de Espetada Madeirense para festejar São Martinho no sábado

09 de Novembro 2018 - 06:00

Espetada madeirense é um prato regional, tradicional e muito saboroso da Ilha da Madeira em Portugal e um dos mais consumidos no dia 10 de novembro, véspera da data que se comemora São Martinho, santo que é conhecido pela sua generosidade.

Tendo apenas 4 ingredientes no seu preparo, a iguaria tem seu sabor inigualável pelo uso do espeto feito de maneira artesanal com o galho ainda verde do Loureiro.

Um prato muito simples de se preparar, mas que tem alguns segredos que Olivardo Sarqui, proprietário da Quinta do Olivardo, e um apaixonado e curioso pela culinária portuguesa, explica que fazem toda a diferença no resultado. “Uso contrafilé, além disso corto o talo do meio da folha de louro, para que não fique nenhum resíduo amargo no tempero”, diz.

Outro detalhe que o empresário destaca na preparação da iguaria é o uso do alho por inteiro: “este é um dos raros pratos que se usa a casca no tempero”.

A confecção do espeto é semelhante ao apontar de um lápis. A ponta tem que ser bem fina para que a carne deslize com facilidade. Outra dica é na sua montagem: “Em Portugal a gordura da carne é conhecida como flor, então na hora de colocar os cubos, deve-se colocar a flor – a gordura aqui no Brasil – de forma intercalada, uma de cada lado, assim na hora de ir para brasa a gordura envolve toda a carne, conferindo assim mais sabor ao prato”, afirma.

Encontrar o espeto pode ser a parte mais complexa da receita. Olivardo diz que “que é raro um vizinho não ter um pé de louro para doar uns galhos, mas informa que nos mercados municipais em geral tem o espeto original, mas caso realmente não encontre, uma solução é a de intercalar folhas de louro entre os pedaços de carne já temperados”.

A Espetada Madeirense é um dos pratos mais consumidos na Ilha da Madeira, como por exemplo, em piqueniques e romarias. “O curioso é que as pessoas levam seus próprios espetos e fazem o prato em churrasqueiras comunitárias, formando uma grande família pelos parques da cidade”, explica Olivardo.

O ponto da Espetada merece atenção. De acordo com Olivardo, “sempre preparada na brasa ou na lenha, não pode ser muito assada. O ideal é carne ser servida malpassada quase ao ponto”.

Os acompanhamentos são: entrada Bolo de Caco e junto da espetada Milho Frito, ambos pratos tradicionais da Ilha da Madeira.

Espetada Madeirense

Ingredientes:

1 quilo de contrafilé cortado em cubos

1 cabeça de alho esmagada com casca

2 folhas de louro picadas

Sal grosso a gosto

Modo de fazer:

Misture todos os ingredientes e monte o espeto intercalando a gordura dos lados do espeto.

Leve à churrasqueira por cerca de 8 a 10 minutos, sendo metade do tempo de cada lado do espeto.

Serve 4 pessoas

Como fazer Crepes com Creme de Manga

08 de Novembro 2018 - 06:00

Ingredientes:

Massa

½ embalagem de Biscoito Maizena

1 colher (sopa) de Farinha de Trigo tipo I (sem fermento)

2 ovos inteiros

1 gema

1 colher (sopa) Margarina

1 xícara (chá) de leite

1 colher (chá) de essência de baunilha

2 colheres (sopa) de conhaque
 

Recheio

3 mangas maduras picadas

½ lata de leite condensado

½ lata de creme de leite
 

Calda

2 mangas maduras em cubinhos

1 colher (sopa) de margarina

2 colheres (sopa) de açúcar
 

Para Servir:

Biscoito 

sorvete de creme
 

Modo de Preparo:

Prepare a massa dos crepes:

- Leve ao processador o biscoito maizena e bata até obter uma farofa. Coloque a farofa de biscoito no liquidificador junto com a farinha de trigo, ovos, gema, a manteiga ou margarina, leite, essência de baunilha e o conhaque, bata bem e reserve.

- Unte com margarina uma frigideira tipo panquequeira e espalhe de forma uniforme uma concha pequena de massa e deixe fritar dos dois lados. Repita o procedimento até terminar a massa e reserve.
 

Recheio

- Bata no liquidificador as mangas, creme de leite e leite condensando e reserve.
 

Calda

- Em uma frigideira pequena, derreta a manteiga ou margarina, junte os cubinhos de mangas, polvilhe com açúcar e deixe refogar por 3 minutos. Recheie os crepes com creme de manga e regue com a calda.

- Sirva acompanhado com sorvete e farofa de biscoito recheado.
 

Dica: Os crepes também podem ser recheados com geleias ou outras frutas e caldas de sua preferência.
 

Rendimento: 12 porções

Tempo de Preparo: 20 minutos

McDonald’s lança o esperado McVeggie

07 de Novembro 2018 - 06:00

O McDonald’s inova o cardápio da plataforma Signature, sua linha premium, a partir do dia 8 de novembro, com a chegada dos novos sanduíches McVeggie e Duplo Veggie, que prometem ser uma excelente opção para todos os gostos, inclusive para os consumidores vegetarianos que estão em busca de uma escolha mais indulgente. A novidade estará disponível em todos os mais de 930 restaurantes do McDonald’s no Brasil.

As novas e deliciosas combinações são compostas por ingredientes tipicamente brasileiros, entre eles o principal: queijo coalho empanado, acompanhado de um saboroso molho de pimenta biquinho, da queridinha cebola caramelizada, alface crespa, tomate, cenoura ralada e maionese no pão tipo brioche.

Apesar de ter a sua origem no nordeste do Brasil, o queijo coalho é consumido e saboreado em todo o país e aparece como o protagonista destes lançamentos do McDonald’s. Para aqueles que não se contentam com um só, o Duplo Veggie é uma opção ainda mais recheada, com dois queijos coalhos na receita.

“O McDonald’s sempre esteve atento às demandas de seus clientes e às mudanças no hábito de consumo – queremos que todos se sintam satisfeitos e encontrem combinações ideais para seus respectivos gostos quando entram em nossos restaurantes. Incrementamos mais uma vez a linha Signature, pensando em oferecer um produto premium, com qualidade e valor justo. Queremos continuar ditando tendência, levando inovação, novas experiências e novos sabores aos consumidores”, comenta João Branco, Diretor de Marketing do McDonald’s Brasil.

 

Preços Sugeridos

McVeggie: a partir de R$21,90

Duplo Veggie: a partir de R$25,90

Receita: Tortinha com recheio de queijo tipo cottage, quinoa e espinafre

06 de Novembro 2018 - 06:00

Uma receita prática e rápida para deixar o seu dia com muito mais sabor, mas sem gastar muito tempo: Tortinha Minuto.

Com recheio nutritivo de quinoa, espinafre e queijo tipo cottage, esse tira gosto fica pronto em apenas 20 minutos e rende até 8 porções.

Veja abaixo o passo a passo. Bom apetite!

Tortinha Minuto

Ingredientes

Para o recheio:
- ½ xícara (chá) de quinoa (70 g)
- 1 colher (chá) de azeite (3 ml)
- 1 maço de espinafre grosseiramente picado (240 g)
- 1 cebola picada (80 g)
- 3 dentes de alho picados (10 g)
- 1 embalagem de Queijo tipo Cottage(250 g)
- Sal e noz-moscada

Para a massa:
- 8 fatias de pão de forma integral (200 g)
- 4 colheres (sopa) de azeite (52 ml)

Modo de Preparo 

- Comece cozinhando a quinoa: coloque 1 xícara (chá) de água em uma panela com uma pitada de sal. Quando ferver, despeje a quinoa, tampe a panela e deixe cozinhar por 15 minutos ou até que a água tenha secado e a quinoa esteja cozida, macia, mas ainda com textura. Reserve.
- Aqueça o azeite em uma frigideira em fogo médio e refogue o espinafre com a cebola e o alho. Quando o espinafre se tornar verde escuro, transfira-o para outro recipiente e deixe amornar. Misture a quinoa, o espinafre refogado e o queijo cottage. Tempere com sal e noz-moscada e reserve.

Faça a massa

Achate as fatias de pão de forma com um rolo. Pincele azeite em 8 ramequins (pequenos potes de porcelana próprios para forno) de 9 cm de diâmetro e acomode as fatias de pão, fazendo cestinhas. Pincele azeite na superfície do pão. Asse em forno médio (180 °C), preaquecido, por 15 minutos ou até que o pão esteja dourado e crocante.

Montagem

Desenforme as cestinhas de pão e disponha sobre elas o recheio de espinafre, cottage e quinoa.

Rendimento
8 porções
Tempo de Preparo
20 minutos

Como fazer Lasanha de espinafre

02 de Novembro 2018 - 06:00

Os dias estão cada vez mais corridos e optar por fazer receitas rápidas e práticas tem sido de grande ajuda para a vida. Os alimentos das safras de outubro, novembro e dezembro são excelentes para essas ocasiões.

Massas que contenham em sua receita abóbora, aspargos, berinjela, ervilha, pimentão, tomate até mesmo aquela saladinha a base de brócolis, espinafre, couve-flor, folha de uva, almeirão e rúcula, por exemplo, são excelentes pedidas tanto para o almoço quanto para o jantar.

Ingredientes:

500g de massa de Lasanha 

2 litros de leite

150g de trigo

100g de manteiga

Noz moscada a gosto

3 cebolas

300g de folhas de espinafre

3 dentes de alho

100ml de azeite

600g de molho de tomate

Manjericão a gosto

400g de queijo muçarela fatiado

200g de queijo parmesão ralado

Sal a gosto

Pimenta a gosto

Modo de Preparo:

Cozinhe a massa da lasanha em água e sal por cinco minutos. Escorra e reserve.

Molho:

No liquidificador, processe o leite com o trigo, a manteiga, a cebola, a noz moscada ralada e metade do parmesão. Leve em fogo baixo mexendo sempre até encorpar o molho. Retire do fogo e reserve.

Para o espinafre:

Refogue as folhas de espinafre no azeite e no alho; tempere com sal e pimenta do reino a gosto e reserve.

Molho de tomate:

Em uma panela, coloque o azeite e duas cebolas picadas; acrescente o molho de tomate e tempere-o com folhas de manjericão, sal e pimenta do reino a gosto.

Montagem:

Disponha molho branco no refratário e o espinafre refogado.

Coloque a massa de lasanha; molho branco com espinafre; queijo muçarela; molho de tomate; massa de lasanha; molho branco com espinafre refogado; molho de tomate; queijo muçarela; queijo parmesão ralado e as folhas de manjericão. Leve ao forno por 30 minutos.

Como fazer Sopa de Cebola Com Torrada Gratinada

01 de Novembro 2018 - 06:00

Ingredientes:

8 torradas integral

8 cebolas cortadas em tirinhas

3 colheres de Margarina

1 xícara de vinho branco

1 xícara de queijo muçarela ralado grosso

½ xícara de bacon em cubos

2 colheres de Farinha de Trigo tipo I (sem fermento)

5 xícaras de caldo de carne

Sal a gosto

Pimenta-do-reino a gosto

 

Modo de Preparo:

- Coloque em uma panela, em fogo baixo, a margarina e deixe derreter, depois acrescente a cebola (deixe refogar por mais ou menos 15 minutos ou até ficarem macias).

- Junte o vinho branco e raspe o fundo da panela, até o líquido evaporar.

- Adicione o bacon e deixe soltar um pouco da gordura.

- Polvilhe o trigo e mexa durante 2 minutos.

- Junte o caldo de carne, tempere com sal e pimenta-do-reino. Deixe cozinhar por 30 minutos em fogo baixo, mexendo sempre.

- Preaqueça em forno a 200ºC.

- Coloque a sopa em quatro refratários individuais.

- No centro da sopa, coloque 2 torradas integrais. Polvilhe o queijo muçarela e leve-as ao forno até derreter o queijo. Sirva em seguida.

 

Rendimento: 4 porções

Tempo de Preparo: 50 minutos

 

*Fonte: Dicas Para Cozinhar Bem. MCGEE, Harold, 2010. Zahar, pág. 334.

Outback apresenta nova experiência em hambúrgueres com três criações exclusivas

31 de Outubro 2018 - 06:00

Pode se preparar: desta vez o conceito de burgers foi realmente atualizado. O Outback Steakhouse inovou mais uma vez e surpreenderá seus clientes com o Outback Burger Experience: três novos sanduíches com receitas exclusivas estarão no cardápio do restaurante por tempo limitado. O menu traz, a partir do dia 30 de outubro, uma experiência completa com dois burgers salgados e uma criação inédita de um burger doce para sobremesa.

As novidades surpreendem pela ousadia e trazem uma combinação de burger com a famosa costela desfiada; um hambúrguer recheado com queijo e coberto com mix de queijos e jalapenos empanados; e uma irresistível versão doce, feita com o celebrado brownie do restaurante, marshmallow gratinado, mor angos e creme de avelãs. Outro lançamento, exclusivo das unidades do restaurante no Brasil, é a batata-doce frita que chega para ser uma nova opção de acompanhamento. O Outback Burger Experience acontece em todos os restaurantes da marca no Brasil.

Os novos sabores

Os apaixonados pela tradicional costela do Outback vão ficar boquiabertos. O Ribs Double Decker (R$ 44) combina um suculento burger de 200g com a inconfundível costela de porco desfiada e fatias de queijo tipo emmenthal no pão brioche. A delícia também traz o delicioso molho Killer, temperado com mix de condimentos Outback, irresistível.

Já os amantes de queijo não podem perder o Triple Cheese Jalapeño (R$ 44), novidade que traz um hambúrguer de 220g temperado no melhor estilo Outback e recheado com muito queijo muçarela. Como se já não fosse suficiente, essa delícia ganha um mix de queijos gratinados e ainda leva um toque especial: jalapeños empanados com temperos do Outback. Para finalizar, um toque de molho cream cheddar e alface americano, tudo no pão tipo brioche.

As novidades são servidas com um acompanhamento à escolha do cliente. A boa-nova é a porção de batata-doce frita e temperada ao estilo Outback. Deliciosa e exclusiva nos restaurantes Outback do Brasil.

Para fechar, um burger superexclusivo de sobremesa para dar água na boca. O Chokkie Thunder Burger (R$ 32) apresenta o icônico brownie da sobremesa Chocolate Thunder from Down Under empanado e assado, servido em formato de hambúrguer com creme de avelãs, morangos frescos, marshmallows gratinados e finalizado à mesa com a autêntica calda de chocolate da marca. Tudo isso no pão australiano do restaurante. Realmente imperdível.

O vídeo com as novidades pode ser conferido aqui.

Como fazer Bolo-Pudim com Abacaxi

30 de Outubro 2018 - 06:00

Que tal preparar um doce com fruta cítrica? A sugestão é de uma sobremesa para o almoço ou jantar de final de semana com a família ou amigos: Bolo-Pudim com Abacaxi.

A receita é super criativa e fácil de fazer. O diferencial dessa gostosura é a combinação de ingredientes, que leva a mistura de bolo sabor chocolate e pudim preparado com suco concentrado de abacaxi. E para deixar ainda mais apetitosa, faça uma calda da fruta bem caprichada e decore.

Como fazer Bolo-Pudim com Abacaxi

Ingredientes:

 

Para caramelizar:

2 xícaras (chá) de açúcar

 

Bolo:

1 pacote de Mistura para Bolo sabor chocolate

250ml de leite

 

Pudim:

2 latas de leite condensado

5 ovos

1 xícara (chá) de suco de abacaxi (concentrado)

2 colheres (sopa) de amido de milho

 

Calda de abacaxi:

1 abacaxi sem casca picado

1/2 xícara (chá) de açúcar

 

Modo de Preparo:

Para Caramelizar:

- Caramelize uma forma de 25cm de diâmetro e reserve.

Bolo:

- Misture o conteúdo da embalagem ao leite e mexa na batedeira por 5 minutos, coloque-o na forma caramelizada e reserve.

Pudim:

- Bata no liquidificador todos os ingredientes do pudim. Despeje tudo na massa de bolo reservada. Leve o pudim ao forno em banho-maria. Deixe cozinhar por 60 minutos, a 200ºC.

Calda de Abacaxi:

- Coloque os ingredientes em uma panela. Leve-os ao fogo e deixe cozinhar até secar a água. Depois do bolo-pudim frio e desenformado, coloque a calda de abacaxi em cima.

 

Como fazer Bolo de Banana

29 de Outubro 2018 - 06:00

banana, fonte de vitaminas e mineiras, tem um gosto único e não pode faltar na sua fruteira. Esta fruta torna o seu bolo a pedida ideal para qualquer momento do dia e pode ser a carta curinga da ocasião, pois fica pronto em 30 minutos.

Ingredientes:

8 colheres (sopa) de Margarina

4 bananas cortadas em fatias compridas

2 xícaras (chá) de Farinha de Trigo com fermento

1 xícara (chá) de leite

1 xícara (chá) de açúcar

açúcar e canela para polvilhar

3 ovos

Calda

2 colheres de margarina

3 colheres de açúcar
 

Modo de Preparo:

Calda

- Misture a Margarina com açúcar em uma frigideira até ficar em ponto de calda.

Massa

- Misture Margarina, açúcar, farinha, fermento e leite.

Montagem

- Coloque a calda em uma forma untada com Margarina e polvilhada com Farinha de Trigo. Em seguida distribua as bananas cortadas e por fim, coloque a massa. Polvilhe com açúcar com canela. Leve para assar em forno médio.

Receita: Omelete de Minas Frescal com Alho-poró

27 de Outubro 2018 - 06:00

Ingredientes:
2 colheres (sopa) de Manteiga (28 g) 
1 dente de alho picado (4 g) 
1 talo pequeno de alho-poró picado (100 g) 
1 colher (chá) de sal (4 g) 
Noz-moscada a gosto 
Pimenta-do-reino a gosto 
3 fatias de peito de peru defumado cortado em tiras (33 g) 
1 xícara (chá) de Queijo Minas Frescal (150 g) cortado em cubos pequenos 
3 ovos (100 g) 
3 colheres (sopa) de leite (20 ml)

Modo de Preparo:
- Aqueça 1 colher (sopa) de manteiga e doure o alho. Junte o alho-poró e refogue até que comece a dourar. Tempere com ½ colher (chá) de sal, noz-moscada e pimenta-do-reino. Desligue o fogo e misture o peito de peru e os cubos do queijo. 
- À parte, bata ligeiramente com um garfo os ovos, o leite e o restante do sal. Tempere com noz-moscada.
- Aqueça o restante da manteiga em uma frigideira grossa e antiaderente. Despeje a mistura de ovos, espalhando-a bem. Com a ajuda de uma espátula, vá empurrando levemente as bordas da omelete para o centro da frigideira. Quando as bordas estiverem firmes, coloque o recheio de alho-poró e queijo em um dos lados da omelete e dobre-a ao meio.
- Passe para uma travessa e sirva em seguida, ainda quente.

Tempo de Preparo
15 minutos
Rendimento
2 porções

Viaje pelos sabores do Centro de Portugal

26 de Outubro 2018 - 06:00

Conhecer o Centro de Portugal é a oportunidade de viajar por um mundo de sabores e degustar algumas das maiores iguarias do país. Região de cidades como Coimbra, Aveiro e Viseu, o Centro oferece pratos ricos, fortes e diversos.

No litoral, aparece a tradição portuguesa dos bons peixes frescos, principalmente com a Lampreia à Bordalesa, que consiste em um refogado de peixe muito bem temperado, servido com arroz e pão. Quando o assunto é mar, também são populares as caldeiradas, sopas de peixe, peixes grelhados e, é claro, o famoso bacalhau, que tem seu lugar de honra em Ílhavo, cidade que conta com um museu dedicado à estrela da culinária portuguesa.

No interior, a carne passa a ser protagonista. Um dos pratos mais famosos é o secular Leitão à Bairrada, de carne suculenta e perfeitamente temperada. Considerado uma das sete maravilhas da gastronomia de Portugal, é feito com leitões selecionados, assado no forno a lenha e servido com batatas cozidas e salada.

Já a Vitela de Lafões é uma carne saborosa, suculenta e tenra, que também costuma ser assada em forno a lenha, apreciada principalmente em Viseu. Outras carnes também são valorizadas: o cabrito assado está presente nas mesas de toda a região, assim como a chanfana de cabra, cozida lentamente em vinho tinto. Por fim, carnes de caça, como perdiz e coelho bravo, são iguarias características em Leiria, Fátima e Tomar.

Não é só nos restaurantes que é possível provar as delícias do Centro de Portugal. Diversas lojas vendem o famoso queijo da Serra da Estrela, produzido artesanalmente com leite de ovelhas, com sabor intenso e textura amanteigada. Os melhores, sem dúvidas, são aqueles vendidos na própria Serra.

Já em Fundão, as rainhas são as cerejas, que têm um paladar doce e fresco, muito utilizado em receitas locais, como bombons, geleias e licores.

Sobre o Centro de Portugal

A mais charmosa região portuguesa é cheia de destinos populares: Aveiro, Coimbra, Viseu, Nazaré, Óbidos, Tomar, Fátima e tantos outros. Suas belezas se estendem por todo o território - ocupado por 2,3 milhões de habitantes que têm o dom de bem receber. O Centro de Portugal possui inúmeros patrimônios da UNESCO, um litoral que é um paraíso do surfe, aldeias históricas, gastronomia riquíssima, vinhos inesquecíveis, natureza exuberante e muita cultura, que se somam a incontáveis motivos para uma visita. A principal cidade, Coimbra, está a apenas 200 quilômetros de Lisboa e a 135 quilômetros do Porto. Acesse www.centerofportugal.com.