Nacional

Foto: Foto: EBC
em 13 maio, 2018

Bombeiros encerram buscas no local onde prédio desabou em São Paulo

O Corpo de Bombeiros decidiu encerrar as buscas por corpos de vítimas do desabamento de um prédio invadido, no Largo do Paissandu, no centro de São Paulo. O anúncio foi feito nesta manhã deste domingo (13) pelo governador de São Paulo, Márcio França, que esteve no local.

— A gente já não tem mais expectativa de mais nada. O máximo que a gente pode fazer, do ponto de vista de profundidade, é essa. Os corpos que foram achados são aqueles que vocês já anunciaram. O resto não deve mais ter existência, deve ter sumido junto com toda a situação, porque é muito calor e o corpo desaparece praticamente. É comum nesse tipo de tragédia. A gente só tem que lamentar o ocorrido e esperar que a gente possa chegar antes e outros lugares.

Após 13 dias de buscas, quatro vítimas foram localizadas e identificadas. Outras quatro continuam desaparecidas, mas, segundo os bombeiros, as chances de localizá-las se tornaram remotas neste momento. O trabalho a partir de agora será de limpeza do local da tragédia. 

Os gêmeos Wendel e Werner da Silva Saldanha, de 10 anos, foram os últimos a serem localizados. Apenas partes dos corpos deles foram encontradas, sendo necessário exame de DNA para comprovar a identidade. A mãe deles, Selma, também está entre os desaparecidos. 

 

Autor(a): Saulo de Castro