Mundo

Foto: Lisboa - Eliana Lima
em 13 março, 2019

Brasil é o assunto mais comentado em Portugal

Os ares d'alémar deram conta nesta quarta-feira (13) dos quiproquós que tomam conta do Brasil. Permaneceu durante toda a manhã como os assuntos mais comentados no Twitter.

Eentre eles, o julgamento no STF, previsto para começar hoje, que pode desmontar todo o trabalho já realizado da Lava Jato, caso desmembre competências para o STE (Superior Tribunal Eleitoral).

Também, a prisão do PM e do ex-PM cariocas acusados dos assassinatos da vereadora Marielle Franco (PSOL) e o seu motorista Anderson Gomes. A coincidência de um deles - Ronnie Lessa -  morar no mesmo condomínio onde Bolsonaro tem duas casas, idem. Os movimentos contrários e a favor dos comentários pró e contra o presidente brasileiro.

Cobranças para elucidação e punição aos mandantes e assassinos de Celso Daniel, morto quando prefeito de Santo André (SP), e da morte de sete pessoas que tiveram ligação direta e indireta ao caso, como o garçom que atendeu o então prefeito petista, a testemunha do acidente em que ele morreu; o legista que identificou sinais de tortura no corpo de CD; o agente funerável que freconheceu o corpo do prefeito em uma estrada carroçável, e pessoas apontadas como executoras do crime.

Também na lista de cobrança, o assassinato de Toninho do PT, quando prefeiro do município paulista de Campinas. Crimes até hoje não esclarecidos.

Também, sobre o mandante da tentativa de matar o presidente Bolsonaro quando em movimentação de campanha presidencial na cidade de Juiz de Fora (MG).

E tantos outros.

O Twitter já somava no final da manhã mais de 190 mil comentários.

Autor(a): Eliana Lima