Mundo

Foto: Foto: Meriden police
em 8 maio, 2018

Brasileiro é acusado de matar a facadas a ex-namorada nos EUA

O jovem brasileiro Mateus Nascimenton da Costa, 20 anos, morador de Danbury, Connecticut, está sob custódia de uma fiança de US $ 1 milhão depois de ser acusado de esfaquear e matar a ex-namorada Alyssa Guerrero, 21 anos, violando três vezes uma ordem de proteção já em vigor, segundo a polícia.

O crime foi cometido na semana passada, dia 2 de maio. Segundo a polícia, os policiais receberam um aviso de um possível esfaqueamento e quando chegaram ao local, um homem que estava na rua esperando pelos policiais disse que acreditava que uma mulher dentro da casa havia sido esfaqueada pelo namorado.

Os policiais entraram na casa e encontraram a jovem, que havia sido esfaqueada pelo menos uma vez no peito. Médicos de emergência fizeram o socorro de emergência e a levaram para o hospital, onde foi declarada morta.

Durante a investigação, os policiais descobriram as ordens de proteção emitidas em 23 de janeiro, 14 e 26 de março, respectivamente. Em duas dessas ordens, Costa estava proibido de ter qualquer tipo de contato com a ex-namorada.

Após cometer o crime, o jovem fugiu para Waterbury, mas logo depois se entregou. Ele foi levado de volta para o Departamento de Polícia de Meriden e preso pelas acusações de ordem de proteção. De acordo com o relatório policial, ele “confessou ter golpeado e matado Guerrero um uma faca de churrasco”, segundo o interrogatório gravado pela polícia, detalha a ordem de prisão.

Gurrero havia se mudado de Brookfield para Meriden há apenas um mês, disse a polícia.

A próxima audiência está programada para quinta-feira, 10. A agência de Imigração e Alfândega também foi notificada porque,s egundo a polícia, Da Costa é um cidadão indocumentado.

Com informações do jornal Hartford Courant.

 

Autor(a): Saulo de Castro