Marca Maxmeio

Turismo


17 de setembro de 2017   -   20:50:54

Atlantica Hotels inaugura primeiro Radisson Red da América Latina

Campinas recebe o primeiro hotel da América Latina, que contou com investimento de R$ 70 milhões

A Atlantica Hotels apresenta ao mercado brasileiro, a nova marca Radisson RED que aporta em Campinas, no interior de São Paulo, com a abertura do hotel no bairro de Cambuí, cujo investimento chegou a R$ 70 milhões.

Situado na categoria Lifestyle, o Radisson RED Campinas traz um conceito de hospitalidade diferenciado, focado em uma experiência personalizada voltada a viajantes altamente conectados e com necessidade de serviços ágeis. “Campinas ganha um hotel extremamente moderno, dedicado às pessoas que acompanham os constantes avanços tecnológicos e as novas tendências de consumo, principalmente em decorrência do crescente ingresso da geração Millennium”, afirma Eduardo Giestas, presidente e CEO da Atlantica Hotels.

Ainda segundo o executivo, “a Atlantica reforça sua presença no mercado de Campinas por termos, agora, mais uma marca de abrangência mundial, referência em atendimento, com serviços excepcionais e diversos benefícios para nossos clientes, tornando-se, portanto, uma das principais opções de hospedagem no Estado de São Paulo e uma das melhores do Brasil e da América Latina”, diz Giestas.

Giestas confirma, ainda, que a Atlantica mantém seu plano de expansão, mesmo com o cenário econômico do País adverso. “Nossos acionistas, tanto o fundo de investimento Quantum Partners, administrado pelo Soros Fund Management, quanto o Tao Invest, ligado ao Tao Capital Partners, sabem que o Brasil vai sair desta recessão. Estamos nos preparando para a retomada”, comenta o executivo.

RADISSON RED

Localizado na avenida Júlio de Mesquita, 705, em Cambuí, privilegiada região de Campinas, cidade localizada a 90 km da capital paulista, o Radisson RED Campinas conta com 185 unidades habitacionais, com categorias diferentes de studios e studios suites. Distribuídos em 21 andares, o hotel apresenta acomodações com metragem a partir de 21 m² até andar exclusivo com suítes de 44 m², com vista panorâmica.

A interatividade e a conectividade são duas fortes características da bandeira. O hotel funciona no ciberespaço, fomentando o uso dos dispositivos móveis para auxiliar a mobilidade do viajante e facilitar a prestação de serviços antes, durante e após a estada no hotel. O hotel disponibilizará um aplicativo em que o hóspede poderá antecipar check-in e check-out, se comunicar com qualquer setor do hotel por meio de envio de mensagens e, ainda, acessar o cardápio do restaurante para fazer pedidos.

“A marca também enfatiza a adesão ao paperless, incentivando, desta forma, o uso de documentos e informações ao hóspede exclusivamente em formato eletrônico”, afirma Fabiana Conde, gerente geral do hotel.

As acomodações também estão equipadas e informatizadas com bancada de trabalho e conexão para internet wireless cortesia, TV com canais a cabo, ar condicionado, frigobar completo e room service.

Todas as dependências, inclusive os apartamentos do hotel, estão decoradas com peças do movimento e do estilo Pop Art, imprimindo nestes ambientes um caráter pós-moderno, alinhado à cultura ocidental e globalizada.

A decoração e a arquitetura do Radisson RED Campinas são verdadeiras obras de arte, com conceitos ousados que permitem a exibição de exposição permanente de telas de artistas contemporâneos. O hotel, portanto, será uma galeria de arte com a possibilidade de promover, periodicamente, mudanças nos trabalhos.

No lobby, há uma estrutura em forma de colmeia, adornando todo o mobiliário composto por elementos vermelhos. Tanto o hall dos elevadores quanto os corredores de acesso aos apartamentos são decorados por imagens indicativas e com mensagens, denotando um moderno, em um ambiente digital. 

Pensando na sociabilização, o hotel disponibilizará brevemente um aplicativo para que todos os hóspedes possam se conectar entre si, por exemplo. No lobby, há um videowall interativo em que o hóspede pode ver o RedArt – telas e fotos de artistas locais – e, ainda, explorar pontos de interesse próximos ao hotel, como restaurantes, bares, cinemas, entre outros atrativos. O videowall em breve será um veículo para mostrar tudo o que for postado com a hashtag #radissonredcampinas.

O hotel também disponibilizará o Faça uma Selfie, que permitirá ao hóspede tirar uma foto clicando no videowall e postá-la nas redes sociais do Radisson RED.

“Todas estas inovações fazem parte da realidade contemporânea da Hospitalidade em sua profunda relação com o desenvolvimento do Turismo no mundo”, afirma Guilherme Martini, diretor-executivo de Operações da Atlantica Hotels.

Este é o quarto hotel da rede em Campinas, onde a Atlantica Hotels já administra o Go Inn Campinas, o Comfort Suites Campinas e o Sleep Inn Galleria, com oferta total, incluindo o Radisson RED, de 640 apartamentos.

GERENTE GERAL

Fabiana Conde é a gerente geral do Radisson RED Campinas. A profissional, que está na rede há 14 anos, foi indicada para assumir o empreendimento por sua ampla experiência acumulada na Atlantica, entre os departamentos de Vendas, Hotel Direto e sua última experiência no Comfort Suites Oscar Freire, que lhe trouxe uma nova forma de ver a Hotelaria. “Sempre achei que algo fundamental poderia mudar na Hotelaria e poderia ser diferente no ambiente e no atendimento aos hóspedes. As novas gerações de clientes já não se encaixam no diálogo excessivamente formal. O RED veio ao encontro desse movimento. Voltar a Campinas e trazer esse novo produto é grandemente realizador”, afirma Fabiana, que no RED, assina como Curadora – “cuida de todos os aspectos gerenciais do hotel para criar uma incrível experiência para o hóspede”.

RESTAURANTE

Com uma cozinha arrojada e bem saborosa, o restaurante RGreat Food & Wicked Fun, do Radisson RED Campinas apresenta diversos pratos da alta gastronomia em uma leitura contemporânea, onde poderão ser atendidas até 80 pessoas. Liderado pelos mesmos investidores do badalado Grainne’s Irish Pub, casa consolidada na cidade e inspirada nos legítimos Pubs Irlandeses, o R (“vermelho” em irlandês) oferece uma atmosfera única de bar+lounge+salão+deck.

ÁREA DE EVENTOS

Com entrada exclusiva, a área de eventos reúne três salas de reunião, com  metragens entre 17m² a 66m², cuja capacidade total é de 113 lugares em auditório. Todas as salas possuem pé direito alto, ar condicionado e equipamentos multimídia de última geração. Compõem o ambiente, amplo foyer e toaletes.

Uma das salas traz como conceito Eventos & Games Studio, apresentando um layout flexível, que permite a mudança de móveis. “Ali, temos estrutura para bilhar, ping pong, mas pode haver uma aula de ioga, uma reunião corporativa, uma partida de carteado ou mesmo uma festa com DJ”, avisa Fabiana.

STAFF

Pensado para criar um novo dinamismo à gestão e serviços ao hóspede, o Radisson RED Campinas é o modelo mais atual de uma estada fluída, sem padrões tradicionais de atendimento.

Para promover esta experiência inédita, por exemplo, o hotel, além de contar com ambientes conectados virtualmente, estabelece também um novo tipo de check-in, sem a clássica recepção com bancadas e cadeiras. O staff, composto por colaboradores jovens e antenados, permanecem em movimento no lobby com tablets para auxiliar os clientes em suas demandas.

Com a premissa de prestar um atendimento de excelência, a marca também traz como novidade, o engajamento de qualquer colaborador do hotel à prestação de serviço ao hóspede. “Qualquer um, seja do departamento de Vendas, Controladoria ou mesmo da Gerência Geral, está preparado para acolher todas as necessidades dos hóspedes”, afirma Fabiana.

FITNESS CENTER

O empreendimento possui área de lazer na cobertura do hotel,  21º andar, com bela vista panorâmica, onde o fitness center apresenta uma gama completa de modernos equipamentos, entre os quais esteiras, estação de musculação, bicicleta e alteres.

ESTACIONAMENTO

O hotel ainda dispõe de estacionamento terceirizado com 125 vagas para carros, divididas em três subsolos.

LOCALIZAÇÃO

Localizado a 21 km do Aeroporto Internacional de Viracopos, o hotel está a apenas 450 metros da Prefeitura Municipal de Campinas e do Centro de Convivência, no bairro de Cambuí, região nobre da cidade, onde encontram-se as melhores opções de bares, restaurantes, casas de shows e clubes, com fácil acesso às principais vias da cidade.  

 

 

Comentar (0) Curtir Twitter

Turismo


17 de setembro de 2017   -   20:41:16

Seis motivos para fazer um intercâmbio para o Japão

Por Pablo Pereira

Muitos estudantes sonham em fazer um intercâmbio para o exterior, hoje isso está se tornando cada vez mais possível, porém poucos chegam a considerar o Japão como uma opção de destino, o país tem seus fãs aqui no Brasil mas que ainda acreditam na dificuldade de poder visitar ou viver na terra do sol nascente, hoje a cultura japonesa é bem inserida no Brasil, isso traz possibilidades que vão além de culinária e cultura pop, principalmente para estudantes que buscam se aprimorar em outras habilidades e cursos. Se você se enquadra entre os estudantes que não consideram o Japão uma opção, pode estar cometendo um grande erro. Isso porque o país possui diversos atrativos e possibilidades únicas, o que pode ampliar seus horizontes como nenhum outro e te proporcionar experiências inesquecíveis. Ainda não está convencido? Então, confira abaixo apenas seis motivos para você incluir o Japão como uma excelente opção para um intercâmbio cultural.

Educação, cultura e hospitalidade - Você vai simplesmente se apaixonar pelos japoneses! No começo os brasileiros estranham o jeito formal do japonês, mas a hospitalidade é a palavra de ordem. Existe um conceito no Japão chamado omotenashi, difícil de ser traduzido, mas está relacionado à forma como os japoneses recepcionam seus convidados. O ometanashi vai muito além de hospitalidade. O hábito envolve vários costumes milenares da cultura e vai fazer você se sentir tão bem que não vai querer ir embora. Outro grande ponto a favor é o choque de cultura, o Japão é um país completamente diferente do Brasil, a imersão em uma outra realidade irá fazer você sair da zona de conforto e gerar conhecimentos e experiências surpreendentes para o resto da vida.

Qualidade do ensino - Exigentes com o aprendizado, qualquer curso que você fizer no Japão, tenha certeza de que a qualidade do ensino será inquestionável. Cerca de 10 ou mais universidades do país estão listadas entre as top 200 do mundo por diversos rankings. O Japão tem investido no ensino para atrair estudantes internacionais.

País de primeiro mundo - Segurança, limpeza e praticidade. O Japão é um dos países mais seguros do mundo, para você ter uma ideia, algumas lojas até colocam sua mercadoria do lado de fora pois sabe que não haverá nenhum tipo de furto. No quesito limpeza o país todo tem um respeito muito grande com dejetos, por mais que não vemos lixeiras pelas ruas também não vemos lixo no chão, os hábitos lá são de respeito ao próximo em todos os quesitos. A praticidade é algo primordial na cultura do Japão, máquinas de venda automática estão em todo o lugar, balcões de informação instalados para sempre ajudar os turistas e o transporte público é utilizado por todas as classes sociais e com acesso fácil as principais regiões.

Custo de vida - Sempre ouvimos que o Japão é um lugar caro, isso é verdade, mas uma grande vantagem dos países de primeiro mundo é que é possível viver bem gastando pouco. Quando comparamos com destinos como Londres, Sydney ou Nova York o custo de vida no Japão é relativamente similar, o que pode ser uma vantagem na hora de escolher o destino.

Gastronomia - Para um primeiro viajante será um choque nos hábitos alimentares. O arroz branco é a base da alimentação japonesa, consumido no café da manhã, almoço e jantar. Mas não vá pensando que é o mesmo arroz que comemos aqui no Brasil. O feijão japonês é fácil de encontrar em doces, sorvetes, tortas... Isso porque não é o mesmo feijão que o nosso, então se prepare para ficar um bom tempo sem o nosso feijão com arroz diário. Uma refeição tradicional japonesa é constituída por uma cuia de arroz branco, sopa (geralmente de missô  - pasta de soja), uma rica variedade de hortaliças ou de picles, acompanhados de pequenas porções de algum tipo de carne. E o sushi? Sushi é algo pouco consumido no dia a dia do Japão, e Temaki nem existe por lá!

Paisagens e pontos turísticos - O país é repleto de paisagens de cair o queixo! A natureza encanta pela delicadeza e pelas estações do ano que são bem marcadas, o que faz a paisagem mudar a cada quatro meses. Os parques são um capítulo à parte, para conhecer com calma. Os passeios históricos também merecem uma visita. Templos e santuários tem perfeito estado de conservação. Os japoneses se orgulham de sua história e por isso preservam as características da cultura e os marcos históricos do país.

Ficou com vontade de fazer as malas? A Global Study formatou um pacote intercâmbio imperdível para a terra do sol nascente.

Pablo Pereira é gerente de produtos da Global Study, franquia de intercâmbios com programas para todos os continentes.

Sobre a Global Study:
www.globalstudy.com.br 
A Global Study tem como missão democratizar o acesso ao intercâmbio, oferecendo vários destinos com pacotes que incluem passagem aérea, acomodação, escola e, às vezes, até um emprego no país de destino. Com operação desde 2007, a rede possui 13 agências no Brasil e parceria com as melhores escolas em mais de 14 países, entre eles Austrália, Canadá, Nova Zelândia, Irlanda, Estados Unidos e Inglaterra. A franquia custa entre R$ 60 e R$ 100 mil.

 

Comentar (0) Curtir Twitter

Turismo


17 de setembro de 2017   -   20:34:22

São José do Rio Preto é a 21ª cidade a receber hotel da marca ibis budget no Brasil

Foto: Quarto do hotel ibis budget São José do Rio Preto

A AccorHotels, líder mundial em viagens e estilo de vida, elegeu São José do Rio Preto para ser a 21ª cidade a receber um ibis budget, marca da rede voltada para o segmento supereconômico. A localização é um dos principais diferenciais desse hotel, que já é o 31ª da marca no País.

O ibis budget São José do Rio Preto está em uma excelente localização. O hotel fica a 2 km do aeroporto, está a aproximadamente 3 km da rodoviária, possui fácil acesso às rodovias SP 310 - Washington Luis e BR 153, além de ser próximo ao Distrito Industrial Ulysses Guimarães e ao Centro Médico.

“São José do Rio Preto é a principal cidade da região noroeste do Estado de São Paulo. Estar nesse município é estratégico para reiterar a posição de liderança que temos no mercado, além de aumentar a capilaridade da marca ibis budget”, afirma Franck Pruvost, EVP de Operações das marcas ibis, ibis Styles e ibis budget da AccorHotels América do Sul.

O ibis budget São José do Rio Preto tem mais de 5.000 m² de área construída e conta com 208 apartamentos divididos em oito andares. O hotel traz a opção de hospedagem para até três pessoas, o que o torna ideal para famílias ou grupo de amigos. Como é característico da bandeira, o novo hotel é pet friendly*, disponibiliza wi-fi gratuitamente e oferece um estacionamento próprio também sem nenhum custo adicional, além de contar com uma loja de conveniência aberta 24h por dia.

“Para quem busca custo-benefício, o ibis budget São José do Rio Preto é uma excelente opção de hospedagem. Nele, os viajantes encontram todo o padrão de qualidade da marca com tarifas altamente competitivas”, conclui Pruvost.

Os valores das tarifas são de R$ 129 durante a semana, e R$ 119 aos finais de semana.

Para mais informações, acesse www.ibis.com.

*o hotel aceita receber animais de estimação de até 15kg

SOBRE IBIS BUDGET

Se é elegante, aconchegante e com um preço imbatível, então é ibis budget, a marca econômica da AccorHotels.

Este membro da família ibis é uma marca inteligente, sincera e informal, que reflete os valores de compartilhamento e simplicidade. É perfeito para os hóspedes que querem autonomia e oferece quartos aconchegantes para uma, duas ou três pessoas; áreas de recepção divertidas; hotéis que são acessíveis 24 horas por dia, e um buffet de café da manhã do tipo "coma à vontade". Os estabelecimentos estão localizados perto de vias principais, aeroportos e cada vez mais em grandes cidades, e oferecem preços muito competitivos.  No final de dezembro de 2016, a marca contava com 570 hotéis em 17 países e continua se expandindo em nível internacional.

A AccorHotels é um grupo líder mundial em viagens e estilo de vida e inovador digital que oferece experiências únicas em mais de 4.200 hotéis, resorts e residências, além de mais de 10.000 das melhores casas particulares em todo o mundo.

ibis.com | accorhotels.com

 

Comentar (0) Curtir Twitter

Turismo


17 de setembro de 2017   -   20:23:49

Visa e GOL usam tecnologia para agilizar check-in em seis cidades brasileiras

Os clientes da GOL Linhas Aéreas Inteligentes contam com mais uma solução para facilitar o check-in: o Visa Passfirst. De forma pioneira na indústria de turismo brasileira, Visa e GOL implementaram o projeto piloto em aeroportos de seis cidades brasileiras: Porto Alegre, Salvador, Fortaleza, Recife, Rio de Janeiro (Santos Dumont) e São Paulo (Congonhas).

Seu funcionamento é simples. O Visa PassFirst permite que o passageiro que comprou as passagens com cartões Visa utilize o mesmo plástico para realizar o check-in.  Ao inserir o cartão no totem de autosserviço habilitado, as informações do passageiro são repassadas automaticamente para o sistema de cadastro, agilizando a retirada do cartão de embarque.

Todos os totens habilitados para receber a tecnologia estão sinalizados conforme imagem abaixo:

Além disso, a GOL também foi a primeira companhia aérea brasileira a implementar o botão do Visa Checkout em sua operação online.  Com ele, mais passageiros terão acesso à experiência de compra em poucos cliques, o que tem contribuído para aumentar a taxa de conversão de vendas do varejo no País. O consumidor usa login e senha únicos para efetuar seu pagamento em qualquer um dos sites que aceitem os serviços Visa Checkout, sem a necessidade de reinserir informações como endereço de cobrança, número do cartão ou ser direcionado para outro site para concluir o pagamento a cada compra. E para celebrar a parceria, as empresas lançam uma campanha promocional que isentará a cobrança do assento especial GOL+ Conforto para os portadores de cartões Visa que pagarem as passagens utilizando o Visa Checkout*.

“Oferecer a melhor experiência ao cliente, da compra da passagem até a chegada ao destino, foi e sempre será nosso objetivo da GOL. A parceria está  alinhada a estratégia da companhia em investir em processos inteligentes que agilizem e otimizem o tempo dos passageiros”, afirma Lilian Santos, gerente de marketing digital  e-commerce da GOL.

“Percebemos que a otimização do tempo é uma grande questão para os consumidores. Por isso, nos reunimos com a GOL para levar soluções que facilitem a vida dos passageiros. Nossos resultados com o Visa Passfirst nos estádios de futebol e com o Visa Checkout em mais de 15 mil estabelecimentos comerciais brasileiros provaram que agilidade e segurança são importantes para melhorar a experiência do usuário, levando recorrência e aumento de vendas para as empresas”, conta Renato Rocha, vice-presidente para a área de Merchant Sales and Solutions da Visa do Brasil.

*A promoção é limitada à disponibilidade de assentos especiais GOL+ Conforto 
e durará até o final do estoque disponível para a ação.

Sobre a Gol – Em 16 anos de história, a GOL LINHAS AÉREAS INTELIGENTES ajudou a construir elos, aproximando pessoas e diminuindo distâncias com segurança e inteligência. A empresa teve um importante papel na democratização do transporte aéreo no Brasil, contribuindo para que cerca de 18 milhões de pessoas voassem pela primeira vez. Com isso, tornou-se a maior companhia aérea de baixo custo e a de melhor tarifa da América Latina. É ainda líder em passageiros transportados no mercado doméstico, tanto no segmento de lazer quanto no corporativo, e em pontualidade – de acordo com dados da Infraero e da OAG (Official Airline Guide), empresa especializada e independente para monitoramento de pontualidade mundial.  A GOL possui a maior oferta de assentos com o selo “A” da ANAC, disponibilizando ainda mais conforto em seus mais de 700 voos diários, que atendem 63 destinos domésticos e internacionais para a América do Sul e Caribe. A companhia mantém alianças estratégicas com Delta Air Lines, Air France e KLM, além de disponibilizar aos clientes 13 acordos de codeshare e mais de 70 de interline. Essa oferta traz mais conveniência e facilita as conexões para qualquer lugar atendido por essas alianças. Com o seu programa de relacionamento Smiles, é possível acumular milhas e resgatar bilhetes para mais de 160 países e 800 destinos no mundo. Além disso, a Gollog transporta encomendas para aproximadamente 2.500 municípios brasileiros e mais de 90 destinos internacionais em conjunto com as empresas parceiras. 

Sobre a Visa – A Visa é uma companhia global de tecnologia de pagamento que conecta consumidores, empresas, instituições financeiras e governos em mais de 200 países e territórios com uma moeda digital rápida, segura e confiável. Operamos uma das mais avançadas redes de processamento – a VisaNet - que é capaz de processar mais de 65 mil transações por segundo, com proteção contra fraudes para os consumidores e garantia de recebimento aos estabelecimentos comerciais. A Visa não é um banco e não emite cartões, não concede crédito ou fixa taxas aos consumidores. As inovações da Visa permitem às suas instituições parceiras oferecer aos consumidores mais opções: pagar agora com o débito, adiantado com o pré-pago ou tempos depois com os produtos de crédito. Para mais informações, visite www.visa.com.br, siga-nos no twitter @VisaNewsBr ou no LinkedIN. 

 

 

Comentar (0) Curtir Twitter

Turismo


17 de setembro de 2017   -   20:15:03

SP: Expotour Católica em Aparecida

O diretor executivo da Expotour Católica, Manoel Sidnésio, será o coordenador da I Oficina de Turismo religioso, que se realizará durante a 4ª Romaria Nacional dos Profissionais do Turismo à Aparecida, que será realizada de 22 a 24 de setembro, em Aparecida, no Vale do Paraíba (SP). A oficina é uma iniciativa da Romaria Nacional dos Profissionais do Turismo.

Manoel Sidnesio

A oficina será no dia 23 de setembro, das 11h às 12h30. O tema será "Turismo Religioso, Crescimento e Desafios". Segundo Manoel Sidnesio, participarão da oficina, como palestrantes, o jornalista Amadeu Castanho, diretor da revista eletrônica Viagens de Fé de São Paulo, o professor Rafael Moraes do Rio de Janeiro, as guias de turismo, Fátima Midões, presidente da Associação dos Guias do circuito de turismo religioso- Agctur e Zenilda Cunha do turismo religioso de Aparecida. Serão feitos perguntas a cada membro da mesa, dentro da experiência de cada um na área do turismo religioso. Manoel  Sidnésio abrirá a oficina, e abordará o desafio geral do turismo religioso dentro da perspectiva nacional. O objetivo da oficina é mostrar que o turismo religioso vem crescendo, mas existem desafios que devem ter um olhar mais atento, observando  prioridade ao profissionalismo, a sustentabilidade, mostrar que o turismo religioso não se faz somente com as festas de padroeira e eventos, mas é todo um trabalho, lembrou Sidnésio.

O turismo religioso se faz através da fé do povo, enfatizou Manoel Sidnésio. O segmento tem uma espiritualidade e as empresas tem que enxergar isso, explicou. Ele enfatizou que também citarão exemplos de cidades, que já existem leis , que cuidam do turismo religioso, a exemplo de Natal.  A oficina é aberta para todos que fazem o trade turístico, como guias, turismólogos, sacerdotes, operadores, hoteleiros, leigos inclusive que queiram participar e a própria igreja. O turismo religioso deve ser preocupação de todos, finalizou.

 

 

Comentar (0) Curtir Twitter

Turismo


17 de setembro de 2017   -   19:53:07

UFRN: Planetário Barca Do Céus oferece conhecimento astronômico para população do RN

Por Lucas Melo

Conectar as pessoas aos lugares em que elas vivem, compreender o funcionamento do clima e do ambiente, perceber como os indivíduos estão inseridos no Universo, e entender melhor suas culturas são algumas das contribuições promovidas pelo conhecimento astronômico. Aliando ensino, pesquisa e extensão, o planetário Barca dos Céus, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), tem como objetivo principal popularizar esse tipo de conhecimento, fazendo com que as pessoas cada vez mais olhem para o céu e se conectem aos seus mais variados significados.

Projeto oferece apresentações sobre astronomia para o público em geral

Desenvolvido pelo Grupo de Pesquisa em Ensino de Física e Astronomia (GPEFA) do Departamento de Física Teórica e Experimental (DFTE), o projeto é um planetário móvel que existe desde 1999. Ele foi idealizado pelos professores aposentados do DFTE José Ferreira Neto e Luiz Carlos Jafelice e, a partir de 2013, passou a ter a coordenação da professora do DFTE Auta Stella de Medeiros. Ela conta que o planetário “não é apenas astronomia por astronomia. Na verdade, ele ajuda a levantar questões mais profundas que estão ligadas a conceitos como eternidade e infinidade e nos levanta questionamentos como ‘quem sou eu?’, ‘qual o meu lugar no mundo?’, ‘de onde viemos e para onde vamos?’, entre outras coisas”.

O projeto oferece apresentações sobre astronomia para o público em geral. Regularmente, o planetário recebe visitas de escolas das redes pública e privada de Natal e de regiões próximas. Além disso, visita cidades do interior do estado e, também, participa de eventos em locais públicos para disseminar a astronomia.

Barca dos Céus

O nome Barca dos Céus é originado da constelação da Barca que, em regiões interioranas do Rio Grande do Norte, é usada como um guia natural para saber quando vai chover. Além disso, segundos estudos, a Barca é uma constelação que africanos e indígenas utilizavam em suas observações do céu e no acompanhamento da passagem do tempo. Segundo a professora Auta Stella, “o nome Barca dos Céus é uma forma de valorizar os conhecimentos locais advindos do hábito antigo de olhar o céu e utilizá-lo em nossa forma de nos percebermos no ambiente”.

Atualmente, o projeto Barca dos Céus conta com a participação de 19 pessoas, em sua maioria estudantes dos cursos de Geofísica e Física da UFRN e, também, mestrandos do Departamento de Física Teórica e Experimental. Eles são os mediadores que fazem as apresentações do planetário, além de contribuírem na elaboração das sessões. Cada um desses mediadores tem uma função no projeto e, juntos, colhem os frutos da experiência. É o caso de Dênis Rocha, que é estudante do curso de Geofísica e integra o projeto há um ano. Para ele, a participação no projeto está “contribuindo bastante para a facilidade em lidar com o público, visto que eu sempre fui muito tímido. O planetário tem me ajudado bastante nisso, eu estou falando melhor e me comunicando melhor”.

Um dos problemas que o planetário enfrenta, no entanto, é que não possui um local próprio. Ele está funcionando, improvisadamente, no Laboratório de Pesquisa de Física e Astronomia (Lapefa), que é vinculado ao Grupo de Pesquisa em Ensino de Física e Astronomia. “Não é um local adequado. É importante a gente ter um espaço fixo próprio que, inclusive, poderia ser usado para mais outras coisas, como palestras, por exemplo”, explica a coordenadora Auta Stella.

Após a apresentação dentro do planetário, os visitantes são convidados a participarem de uma aula em uma sala à parte. Foto Wallacy Medeiros

Mesmo assim, o grupo consegue organizar suas apresentações normalmente. Periodicamente, os membros do projeto se reúnem para realizar pesquisas e elaborar as futuras apresentações e abordagens do planetário. Hoje, o Barca dos Céus conta com três apresentações temáticas, que foram cuidadosamente construídas com base em pesquisas e discussões de textos pelos integrantes do grupo. Os três temas, atualmente, abordados no planetário são: Viagem ao Sol, Reconhecimento dos Céus e Relações Céu e Terra Para os Índios Guaranis.

Como funciona

Associando conhecimentos específicos da astronomia, conhecimentos pedagógicos e comunicacionais, os mediadores responsáveis pelo planetário promovem apresentações cheias de interatividade e estímulo à imaginação do público, falando sobre as diversas constelações e seus diferentes significados. As sessões dentro do planetário duram entre 30 e 40 minutos, tempo em que as pessoas presentes aprendem um pouco sobre aspectos culturais ligados ao céu e, também, sobre conhecimentos da Física.

Os objetivos do planetário são fazer com que os visitantes entendam como a astronomia se relaciona com o meio ambiente, além de resgatar e valorizar conhecimentos tradicionais sobre o céu, estimular o contato das pessoas com o céu real e promover indagações que levam as pessoas a pensarem sobre o presente e o futuro do Universo.

Após a apresentação dentro do planetário, os visitantes são convidados a participarem de uma aula em uma sala à parte. Essa atividade funciona como um complemento da apresentação do planetário e o público tem mais espaço para fazer questionamentos e tirar suas dúvidas. Os mediadores responsáveis por essa apresentação utilizam objetos didáticos, como globos e maquetes do Sistema Solar, para reorganizar e complementar as informações passadas dentro do planetário. Também são utilizados telescópios para que os visitantes possam observar na prática o que eles aprenderam durante a sessão.

O planetário tem capacidade para receber de 35 a 40 pessoas por apresentação. No ano de 2016, cerca de 1740 pessoas assistiram as sessões promovidas pelo projeto. De acordo Wellington Araújo, estudante de licenciatura em Física da UFRN, e que faz parte do Barca dos Céus há um ano e meio, o planetário acaba proporcionando uma experiência nova para os visitantes. “Há muitas pessoas que nunca foram a um planetário, e ficam fascinadas quando olham as estrelas. O mais interessante é quando se dão conta de como é grande o Universo. Quando a gente participa de eventos em cidades do interior, por exemplo, vêm pessoas até de cidades vizinhas. inclusive, muitas que provavelmente não teriam a oportunidade de ver um planetário”, comenta.

Também são utilizados telescópios para que os visitantes possam observar na prática o que eles aprenderam durante a sessão. Foto Wallacy Medeiros

Agendamento de visitas

Por ser um projeto de extensão e possuir como meta popularizar o conhecimento astronômico, o planetário Barca dos Céus constantemente recebe solicitações de visitas de escolas de Natal e regiões próximas, bem como chamados para participarem de eventos públicos científico-culturais. Todas as apresentações são gratuitas e o contato oficial do projeto é o e-mail planetarioufrn@gmail.com, por onde podem ser feitas as solicitações. Escolas interessadas em realizar visitas ao planetário podem entrar em contato através do e-mail citado acima ou acompanhar as atualizações e novidades do projeto em sua página no Facebook.

Boletim produzido pela Agência de Comunicação da UFRN - AGECOM
Reitora: Ângela Maria Paiva Cruz
Vice-Reitor: José Daniel Diniz Melo
Superintendente de Comunicação: José Zilmar Alves da Costa
Diretor da Agência Comunicação: Francisco de Assis Duarte Guimarães
Telefones: (84)3215-3116, (84)3215-3132 - Fax: (84)3215-3115
E-mail: agecom@comunica.ufrn.br

 

Comentar (0) Curtir Twitter

EDIÇÃO N° 50 - AGOSTO DE 2017