Cidade

em 21 julho, 2019

Causador de incêndio no Japão é jogador de videogame recluso, diz vizinho

O homem suspeito de matar 34 pessoas em um ataque incendiário no Japão morava sozinho, a centenas de quilômetros do estúdio Kyoto Animation, jogava videogame sem parar e “assustou” seus vizinhos apenas alguns dias antes.

No fim do sábado, a polícia emitiu um mandado de prisão contra Shinji Aoba, 41 anos, suspeito de causar o maior assassinato em massa do Japão em duas décadas na quinta-feira, quando ele foi ao estúdio, no oeste do Japão, despejou combustível em volta da entrada e gritou “Morra” enquanto colocava fogo no prédio, segundo a emissora pública de televisão japonesa NHK.

O plano é prender Aoba, que sofreu queimaduras sérias e no sábado foi levado ao hospital universitário para tratamento, assim que ele se recuperar, disse a NHK.

A polícia afirmou que Aoba já havia sido condenado por roubar uma loja.

 

Autor(a): Saulo de Castro