Política

em 12 março, 2019

Declaração de Bolsonaro sobre a Operação Buraco do Lume

Foto: Bolsonaro fez as declarações após a reunião bilateral com oMarito Abdo - Foto do Twitter do presidente paraguaio

Após cobranças de um depoimento de Jair Bolsonaro sobre a operação que prendeu o PM Ronnie Lessa e o ex-PM Élcio Queiroz, acusados de executores da morte da vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ) e do seu motorista Anderson Gomes, o presidente declarou, ao fim da reunião com o presidente paraguaio Marito Abdo, no Palácio do Planalto:

- Espero que realmente a apuração tenha chegado de fato a quem foram os executores, se é que foram eles, e a quem mandou matar".

Disse mais, sobre o assassinato da vereadora:

 - É possível que tenha um mandante. Eu conheci a Marielle depois que ela foi assassinada. Não conhecia ela, apesar de ela ser vereadora lá com o meu filho no Rio de Janeiro" - referiu-se a Carlos Bolsonaro, vereador no Rio pelo PSL.

Bolsonaro aproveitou os questionamentos dos jornalistas para lembrar da tentativa de assassinato que sofreu durante movimentação de campanha na cidade mineira de Juiz de Fora, em 2018:

- E também estou interessado em saber quem mandou me matar. 

Sobre a foto em que aparece com Lessa, respondeu:

- Eu tenho foto com milhares de policiais civis e militares, com milhares, do Brasil todo".

Autor(a): Eliana Lima