Cidade

Foto: Divulgação
em 13 setembro, 2018

Educação de Parnamirim recebe selo de qualidade em encontro nacional da UNESCO

Representantes de 12 escolas públicas municipais de Parnamirim, acompanhados pela Secretária Municipal de Educação e Cultura, Ana Lúcia Maciel, estão recebendo 12 selos de certificação de qualidade na educação pelo Programa Escolas Associadas (PEA) da  Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (UNESCO), em encontro nacional que acontece de 12 a 14 deste mês, em Salvador (BA).

"Mais uma vez, a conquista do Selo UNESCO comprova a excelência de todos que fazem a educação em Parnamirim. Nossa gestão tem se esforçado na construção de uma cultura de paz e na formação dos valores de cidadania nas escolas ", disse o Prefeito Rosano Taveira.

Parnamirim possui 12 escolas públicas entre as 23 escolas públicas e privadas  do Rio Grande do Norte que receberam o selo PEA/UNESCO 2018. Além disso, o município foi o primeiro do estado a conquistar no ano passado, por meio de uma escola pública, o Centro Infantil Jaci Ferreira de Castro, em Moita Verde, este selo de qualidade, passando a integrar a segunda maior rede de escolas associadas do mundo.

"Esse momento ímpar celebra o sucesso da aprendizagem em nossas escolas, com nossos professores e coordenadores, profissionais de excelência recebendo o certificado da Rede PEA/UNESCO em Salvador", disse a Secretária Municipal de Educação, Ana Lúcia Maciel.

Ao todo, 13 instituições municipais de ensino público em Parnamirim conquistaram o SELO PEA/UNESCO 2017, sendo que 12 estão recebendo pela primeira vez no encontro nacional que está acontecendo em Salvador (BA).

O Selo é conferido pelo Programa das Escolas Associadas (PEA), da UNESCO, e se refere aos projetos inscritos nas edições 2017 e 2018 da rede, celebrando uma cooperação internacional por uma educação de qualidade para todos. 

 

PARNAMIRIM É REFERÊNCIA PARA A UNESCO

"Uma coisa é certa, o município de Parnamirim fez o diferencial quando acreditou neste tipo de trabalho e na importância da rede PEA/UNESCO dentro da educação do RN, então será, sim, um município de referência para nós, na questão da rede pública, inclusive porque neste critério, foi o primeiro a obter o Selo", disse Flávia Nóbrega, responsável pelo desenvolvimento do trabalho na coordenação do PEA-RN.  

 
PRÊMIO TEM ABRANGÊNCIA INTERNACIONAL

De acordo com a UNESCO, uma escola PEA deve procurar meios inovadores e criativos para tornar o currículo e a aprendizagem escolar mais dinâmica e próxima da realidade dos alunos. 
O PEA tem como meta fundamental encorajar as escolas associadas a oferecer um tipo de educação de qualidade que promova inclusão e justiça social e eduque cidadãos responsáveis e conscientes de seu papel tanto na comunidade local como global. 

Os 12 projetos inscritos por escolas públicas de Parnamirim e o outro, que manteve o Selo PEA/UNESCO para um centro infantil, destacaram o potencial do município, alinhados ao Ano Internacional do Turismo Sustentável, tema trabalhado pela UNESCO em 2017, além de outros, como o decênio da cultura afrodescendente, patrimônio histórico etc.

 

 LISTA DAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO PREMIADAS COM O SELO PEA/UNESCO

Além do CMEI Jaci de Castro, que manteve sua conquista, oito foram premiados nesta última edição do Selo PEA/Unesco (2017/2018): CMEI Tio Hermes, em Nova Esperança; CMEI Profa. Judith Aguiar, em Bela Parnamirim; CMEI Maria Dilma Lacerda de Lima, em Vale do Sol; CMEI Maria Leonor Freitas, em Monte Castelo; CMEI Eugênia Palhares, em Santos Reis; CMEI Mãe Sinhá em Bela Parnamirim; CMEI Lúcia Maria dos Santos, em Nova Parnamirim; CMEI Maria do Socorro de Araújo Menezes, em Passagem de Areia.

As quatro escolas públicas que receberam a certificação PEA/UNESCO foram: Escola Municipal Francisca Canindé Avelino Batista, no bairro Parque de Exposições; Escola Municipal Brigadeiro Eduardo Gomes, em Nova Parnamirim; e a Escola Municipal Nossa Senhora da Guia e a Escola Municipal Maura de Morais, em Emaús.

Além das 12 escolas públicas de Parnamirim, recebem o Selo PEA/UNESCO no RN por projetos inscritos em 2017 e 2018, 4 escolas de ensino privado, sendo 3 de Natal e uma de Parnamirim; 4 da rede estadual; uma da rede pública municipal de Mossoró; uma do município de Santa Cruz; e uma  pertencente a uma ONG no bairro de Mãe Luiza, em Natal.