Cidade

em 11 julho, 2019

Inflação da terceira idade supera o IPC-BR no segundo trimestre de 2019

O Índice de Preços ao Consumidor da Terceira Idade (IPC-3i), que mede a variação da cesta de consumo de famílias majoritariamente compostas por indivíduos com mais de 60 anos de idade, registrou no segundo trimestre de 2019, variação de 0,97%. Em 12 meses, o IPC-3i acumula alta de 4,00%. Com este resultado, a variação do indicador ficou acima da taxa acumulada pelo IPC-BR, que foi de 3,73%, no mesmo período.

Na passagem do primeiro trimestre de 2019 para o segundo trimestre de 2019, a taxa do IPC-3i registrou decréscimo de 0,52 ponto percentual, passando de 1,49% para 0,97%. Quatro das oito classes de despesa componentes do índice registraram decréscimo em suas taxas de variação. A principal contribuição partiu do grupo Alimentação, cuja taxa passou de 3,49% para 0,02%. O item que mais infuenciou o comportamento desta classe de despesa foi frutas, que variou de -7,94 no Segundo Trimestre, ante 8,34%, no anterior.

Mais informações sobre os resultados abaixo. Dados completos no Portal IBRE, no link: bit.ly/2NQa0hw .

O coordenador do IPC do FGV IBRE, André Braz, atenderá a imprensa, a partir das 10h, pelo telefone (21) 3799-6758.

Autor(a): Saulo de Castro