Nacional

em 26 setembro, 2018

Lava Jato: Polícia Federal investiga EcoRodovias e prende executivos

 A Ecorodovias confirmou nesta quarta-feira que a Polícia Federal cumpriu mandado de busca e apreensão na Ecorodovias Concessões e Serviços e nas suas controladas Ecovia e Ecocataratas, com a prisão de executivos, em operação da Lava Jato que investiga esquema de corrupção na concessão de rodovias federais no Paraná.

Foram decretadas as prisões temporárias de Evandro Couto Vianna, executivo da concessionária Ecovia Caminho do Mar, de São José dos Pinhais (PR), e Mario Cezar Xavier Silva da Ecocataratas, em Cascavel (PR), disse a Ecorodovias em fato relevante.

A Polícia Federal cumpriu nesta manhã 19 mandados de prisão em um aprofundamento das investigações sobre esquema de corrupção na concessão de rodovias federais no Estado do Paraná envolvendo seis concessionárias, suspeitas de pagamento de propina em contratos para a administração de 2,5 mil quilômetros do Anel de Integração do Estado do Paraná.

“A Companhia está cooperando e forneceu todas as informações solicitadas e reitera que permanece inteiramente à disposição das autoridades, mantendo total transparência na interlocução com seus acionistas e o mercado em geral”, disse a Ecorodovias Infraestrutura e Logística em fato relevante.

Autor(a): Saulo de Castro