Cidade

em 8 outubro, 2019

Médicos querem exame obrigatório e reprobatório para recém-graduados exercerem profissão

Com o objetivo de obter informações relevantes, que possam contribuir para a construção de uma política de Estado para a Saúde – e não apenas de políticas partidárias, como ainda ocorre a cada troca de governo -, a Associação Paulista de Medicina (APM) acaba de realizar pesquisa inédita.  

O levantamento com 695 médicos tem caráter nacional e retrata a percepção de associados e não associados. Foi realizado pela plataforma SurveyMonkey entre os dias 23 e 30 de setembro de 2019. Está dividido em três blocos: Formação-Qualificação, Prioridades para a Saúde e Organização do SUS.  

É propositivo, apontando os anseios e a percepção dos médicos (justamente os profissionais que estão na linha de frente da assistência aos pacientes) referentes a ações capazes de qualificar a Saúde no Brasil.  

Autor(a): Saulo de Castro