Arquitetura - wellingtonfernandes@mail.com

Wellington Fernandes

 

“Morar Bem é Legal” é o mote de nova Campanha Publicitária do CAU/RJ

Slogan foca no direito à assistência técnica para habitação de interesse social, além do direito à moradia digna e à cidade

7 de agosto de 2018
 

Para conscientizar o grande público sobre o direito constitucional à moradia e à assistência técnica em habitação de interesse social, além de aproveitar o momento eleitoral para inserir a pauta no debate político, o Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Rio de Janeiro (CAU/RJ) lança a Campanha “Morar Bem é Legal”. A palavra “Legal” tem neste caso dois sentidos: o legal jurídico (de acordo com a lei, legítimo, lícito) e o legal do muito bom (formidável, perfeito, ótimo, notável, especial).

De acordo com o presidente do CAU/RJ, Jeferson Salazar, a ideia foi usar um conceito leve para falar de um assunto de extrema importância e sem tirar a seriedade e a integridade da campanha. “A estratégia é fazer com que o tema, ainda muito pouco conhecido, atinja o público e desperte a sua atenção”, avalia Jeferson.

Estão sendo veiculados spots em rádios da capital, na região metropolitana e no interior do Rio de Janeiro. Algumas linhas de ônibus estão circulando com anúncios. A ação conta ainda com hotsite que reúne informações sobre o direito à moradia, notícias, publicações diversas, entre outras informações. O endereço é www.caurj.gov.br/moradiadigna. Cartazes e cartilhas também serão distribuídas em todo o estado.

O público-alvo da campanha são famílias com renda de até três salários mínimos, moradores de assentamentos irregulares/favelas, além de formadores de opinião, entidades de arquitetura e urbanismo, engenharia, assistência social, entre outros. “Também queremos mobilizar os candidatos ao legislativo e ao executivo e gestores públicos municipais para que se engajem e ajudem a tornar a lei uma realidade e os projeto se concretizem. Nosso objetivo é mobilizar a população para que ela cobre por este direito”, conclui Jeferson.

A veiculação da campanha nas rádios e ônibus seguem até o fim do mês de agosto. É intenção do Conselho promover um grande evento para discutir o tema.