Cidade

em 11 outubro, 2018

MP denuncia advogados de facção que tramavam morte de juiz, policiais e de testemunhas

Após investigação realizada em conjunto entre o projeto-piloto da Promotoria de Justiça Especializada no Combate aos Crimes de Lavagem de Dinheiro e Organização Criminosa, da Delegacia de Combate à Lavagem de Dinheiro e da Delegacia de Capturas, foi oferecida denúncia à Justiça contra três advogados que formam o braço jurídico de uma facção criminosa e outras 11 pessoas ligadas a essa organização. Eles foram denunciados por embaraço à investigação e ainda por integrarem organização criminosa. A 1ª Vara Criminal do Foro do Alto Petrópolis recebeu a denúncia em respeito à organização criminosa.

Foram acatados os pedidos liminares do MP para o bloqueio dos veículos e de contas bancárias dos três advogados e do líder da organização criminosa investigada. No momento do bloqueio, aproximadamente R$ 36 mil estão indisponíveis. Ainda, os advogados tiveram suspensas as atividades econômicas e profissionais, bem como suas inscrições junto à OAB. Além disso, houve a quebra do sigilo financeiro e fiscal dos suspeitos.

O MP apresentou recurso para que a denúncia seja recebida também em relação ao crime de embaraço à investigação, bem como ao pedido de prisão preventiva de dois dos advogados, que não foi determinada pelo Judiciário.

Autor(a): Saulo de Castro