Polícia

em 6 outubro, 2018

Polícia Civil trabalhará nas eleições com efetivo de quase 500 policiais

Na tarde desta sexta-feira (05), o presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte, desembargador Glauber Antônio Nunes Rêgo, encaminhou um ofício para a delegada-geral da Polícia Civil, Adriana Shirley. No documento, o desembargador acolheu as justificativas apresentadas pela Diretoria Geral de Polícia Civil (DEGEPOL) sobre a impossibilidade de observância da recomendação nº. 02/2018/19ª PM do Ministério Público do Rio Grande do Norte, que dizia respeito à adoção de providências para que todo o efetivo da Polícia Civil fosse designado para trabalhar nos dias 06 e 07 outubro de 2018, em cooperação com outras forças de segurança pública. Conforme planejamento da Degepol, no próximo domingo (05), 480 policiais civis, entre delegados, agentes e escrivães, vão se somar ao efetivo da Polícia Civil, que já trabalham  nos expedientes de plantão, para dar mais segurança no dia das eleições. 

No ofício de nº 403/2018-PRES, o desembargador entendeu que as providências adotadas pela Polícia Civil do Rio Grande do Norte para as eleições de 2018 foram suficientes e que as mesmas estão de acordo com operação debatida com os demais órgãos da Segurança Pública que trabalharão no dia das eleições.