Mundo

em 24 julho, 2018

Protocolo deve ampliar relações comerciais do Mercosul com a Colômbia

Protocolo assinado na noite desta segunda-feira (23), entre os países do Mercosul e a Colômbia, deve ampliar a variedade do comércio internacional e aumentar a segurança jurídica nos negócios celebrados entre as nações.

A assinatura ocorreu em Puerto Vallarta (México), durante a XIII Cúpula da Aliança do Pacífico, grupo formado por chilenos, colombianos, mexicanos e peruanos.

Segundo o Ministério do Indústria, Comércio Exterior e Serviços, o Protocolo Sobre Comércio de Serviços Mercosul-Colômbia é o primeiro documento adicional ao Acordo de Complementação Econômica número 72, que foi assinado entre os países do bloco comercial do Sul e os colombianos.

“É um protocolo que vai possibilitar que ampliemos nossas trocas comerciais em serviços. Teremos mais acesso ao mercado colombiano”, explicou o ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Jorge de Lima. Segundo ele, poderá haver troca comercial de serviços como engenharia, arquitetura e outros.

Com ele, fica prevista a atuação em diversas áreas, que vão do acesso a mercados ao movimento de pessoas físicas prestadoras de serviço entre as nações signatárias.

Temas
Entre outros temas previstos no protocolo estão o combate à corrupção, tratamento de assimetrias, modificação de compromissos, regulamentação nacional, reconhecimento, transparência, convênios bilaterais e defesa da concorrência.

O acordo traz também anexos sobre serviços financeiros, telecomunicações e pagamentos e transferências de capital, bem como um apêndice relativo ao artigo sobre Movimentos de Pessoas Físicas Prestadoras de Serviços – todos negociados com a participação dos órgãos reguladores de Mercosul e Colômbia.

Fonte: Governo do Brasil