Saúde

em 22 maio, 2020

Conselho de Psicologia no RN alerta sobre problemas da pandemia nos estudos para o Enem

Foto: Reprodução

O Conselho Regional de Psicologia do RN (CPR-17) alerta que mudanças de rotina nas escolas de todo o país devido a pandemia afetam os processos de aprendizagem e prejudicam o desempenho de estudantes para a prova do Enem.

Em nota, o Conselho atenta que não se tem “como pensar em uma aprendizagem significativa em um momento em que o número de queixas relacionadas ao adoecimento psíquico e a busca por suporte psicológico profissional aumentam a cada dia”.

Também leva em conta que a falta de acesso à internet e às aulas no modo EaD (Ensino à Distância) são complicadores.

De acordo com estudo do TIC Domicílios realizado em 2019, sob coordenação do Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic.br), apenas 59% das classes D e E têm acesso à internet, enquanto somente 78% da população com renda familiar inferior a um salário mínimo tem acesso a celular.

Diante do cenário preocupa, o Conselho considera a necessidade de uma reavaliação diagnóstica das escolas de ensino médio e universidades do país. 

“É uma ação urgente para que o MEC reconheça a realidade das instituições e conheça o trabalho de reorganização dos calendários escolares de 2020 feito por elas.  Isso permite planejar um Enem atípico para um ano letivo igualmente atípico”, reforça o órgão.

Autor(a): Eliana Lima