Nacional

em 14 março, 2020

Morre Gustavo Bebianno, aos 56 anos

Foto: José Cruz/Agência Brasil

Ex-ministro do governo Bolsonaro e pré-candidato a prefeito do Rio, Gustavo Bebianno, 56 anos, morreu na manhã de hoje (14) em Teresópolis, região serrana do Rio, vítima de infarto fulminante.

Estava em seu sítio com o filho. Ao deixar o banheiro, passou mal e sofreu uma queda. A morte foi confirmada pelo amigo e presidente estadual do PSDB, Paulo Marinho.

"A cidade do Rio perdeu um candidato que iria enriquecer o debate eleitoral, e eu perdi um irmão", comentou Marinho.

No último dia 5, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou a pré-candidatura de Bebianno à prefeitura do Rio. Segundo o partido, o lançamento oficial da candidatura seria em 4 de abril, na capital fluminense.

Além de líder do PSL, Bebianno ocupou a Secretaria-Geral da Presidência durante um mês e 18 dias.

Autor(a): Eliana Lima