Mundo

em 11 março, 2020

O ex-todo-poderoso produtor de cinema Harvey Weinsten é condenado a 23 anos de prisão

Foto: Twitter HW

Harvey Weinsten, 67 anos, que por décadas esteve no topo do poder da indústria cinematográfica, foi condenado pela Justiça novaiorquina a 23 anos de reclusão. 

Após a sentença, oficiais de justiça o algemaram e o retiraram do local.

Ele já foi condenado por estupro em terceiro grau e por ato sexual criminoso em terceiro grau. Agora, estava  na expectativa da decisão entre 5 e 29 anos de detenção, mas foi inocentado das acusações mais graves, como estupro em primeiro grau e do "predatory sexual assault", crime como é conhecido na legislação penal norte-americana que pode gerar prisão perpétua. É quando o acusado causa sérios danos  à integridade física da vítima e a ameaça com algum tipo de instrumento perigoso.

Ele jurou inocência perante as acusações de agressão sexual contra a assistente de produção Mimi Haleyi, em 2006, e de estupro de Jessica Mann, em 2013, então aspirante a atriz.

Mais de 80 mulheres apontarem publicamente contra ele, entre elas celebridades. Das acusações, mulheres disseram que ele obrigava-as a massageá-lo e a vê-lo nu. Prometia alavancar carreiras em troca de "favores sexuais".

Autor(a): Eliana Lima