Polícia

em 1 março, 2020

Polícia prende em Brasília jovem que planejava atentando em show de rap e funk

Foto: Divulgação PCDF

A ideia era explodir um carro-bomba e depois executar sobreviventes com arma de fogo.

O massacre não foi executado graças ao alerta enviado pela empresa Yahoo!  naultima sexta-feira (28), sobre o possível ataque, a partir de postagem na internet.

“Ele disse que faria um massacre histórico em um show de rap e funk com adolescentes, que ele chama de vagabundos, descolados e drogados”, revelou  o delegado Dário Taciano de Freitas Júnior, da Delegacia de Repressão aos Crimes Cibernéticos (DRCC).
 
O rapaz foi preso ontem (29), em sua casa no Lago Norte, pela Polícia Civil do DF. A ideia era que após a explosão de carro-bomba, ele executaria sobreviventes com arma de fogo.

A motivação para o atentado ainda não foi desvendada. Sabe-se que o jovem - de identidade não revelada – tem no histórico uma detonação pelo menos um artefato no passado, quando perdeu a falange de um dedo.

De acordo com o delegado, o rapaz “iria utilizar o conhecimento dele em arma química e usar armas ilegais, iria explodir o local, utilizar carro-bomba. Os sobreviventes ele iria matar com disparos de arma de fogo”. 

Para chegar até o suspeito, a polícia utilizou métodos de investigação cibernéticos.

Autor(a): Eliana Lima