Cidade

4 dias atrás

Prefeitura proíbe entrada de visitantes em São Miguel do Gostoso.

Foto: Canindé Soares

A informação é do jornalista Emanuel Neri, no seu blog No Balacobaco:

Por Emanuel Neri

Sobre o Coronavirus, o Covid-19, todos nós estãmos, de uma forma ou de outra, acompanhando. As redes sociais e a mídia tem despejado milhões de informações sobre a chamada doença do século, que atinge todos os países do mundo.  

Mas como é que está o enfrentamento do Coronavirus, e as medidas para enfrentá-lo, em São Miguel do Gostoso, nossa cidade?

São Miguel do Gostoso é uma cidade turística.  Isso significa que estamos mais vulneráveis à propagação do vírus devido à presença, entre nós, de pessoas de outras partes do Brasil e do mundo. E, por ser polo turístico, sofremos mais com as medidas de isolamento do vírus, inclusive com alto risco de desemprego.

Na semana passada,  algumas cidades turísticas do Nordeste, como Jericoacoara (CE), Fernando de Noronha e Porto de Galinhas (PE), e até Galinhos (RN), fecharam suas portas para os turistas, com o objetivo de evitar a propagação do Coronavirus.

Faltava a Prefeitura de São Miguel do Gostoso abrir os olhos para o perigo de contaminação da sua população e também adotar medidas semelhantes.

Nesta segunda-feira (23/3), finalmente a Prefeitura de São Miguel do Gostoso adotou medida importantíssima que pode proteger mais nossa cidade. A partir da próxima quarta (25/3), segundo decreto (073/2020), baixado pela Prefeitura, "fica proibida", até o dia 30 de abril de 2020, a "entrada na cidade de visitantes de qualquer origem". 

"Só está permitida a entrada na cidade de moradores e trabalhadores com vínclulo no município e prestadores de serviço", afirma comunicado da Prefeitura. "vale ressaltar que esta medida é necessária para mantermos a nossa situação atual, que é de nenhum caso suspeito em nosso município", diz a nota, acrescentando contar "com a ajuda e compreensão de todos".

Mas a iniciativa privada local, principalmente proprietários de pousadas, decidiram fechar seus estabelecimentos. Pode-se dizer que a maioria das pousadas de São Miguel do Gostoso, mais de 50, estão fechadas. Grande parte delas deu férias coletivas de um mês para seus empregados. Mas também há demissões.

Ocorre que muitas pousadas da cidade, algumas entre as maiores e outras  tradicionais, até agora não adotaram qualquer medida. Este blog não vai dar os nomes destes estabelecimentos. Mas seria importante que elas seguissem o exemplo das demais e também parassem temporariamente suas atividades.

Sejamos realistas. Uma pousada funcionando é uma porta aberta para a entrada do vírus na cidade. O ideal seria que todos os estabelecimentos hoteleiros entendessem a gravidade do momento e também fechassem suas portas, até passar a fase mais aguda desta crise. Seria uma medida sensata.

Restaurantes fechados

Enquanto isso, quase todos os bares e restaurantes de São Miguel do Gostoso estão fechados, parte deles atendendo por delivery (entrega a domicílio).Isso  atende a decreto do governo do Estado que, no último final de semana, determinou o fechamento destes estabelecimentos. Se não fechar, há punição.

Alguns dias antes, a governadora Fátima Bezerra havia baixado decreto ordenando a suspensão das aulas em todos os estabelecimentos de ensino do Rio Grande do Norte, incluindo escolas publicas e particulares. A orientação é para que as pessoas permaneçam em casa, evitando contatos com aglomerações, em especial festas e shows. Cuidado máximo com os idosos.

O serviço sanitário de São Miguel do Gostoso está visitando bares e restaurantes da cidade, pedindo para que eles fechem suas portas – podendo atender delivery. A Prefeitura também tem tomado outras medidas para enfrentar o risco do vírus, inclusive usando carros de som nesta campanha.

Já a Aegostoso, a associação de empresários da cidade, tem tentado convencer estabelecimentos filiados a segurem orientações das autoridades de saúde do país para evitar a propagação do vírus. Seu objetivo é evitar o pior, que é o alastramento do vírus. Mas, lamentavelmente, nem todos seguem.

Não há registros de nenhum caso na cidade. Neste final de semana, saiu um mapa de municípios do RN onde há casos confirmados ou suspeitos, São Miguel do Gostoso esta no mapa, com um caso. Trata de uma senhora que tem domicílio na cidade, mas que sentiu sintomas quando passavas alguns dias em Natal.

Atendida por médicos, esta senhora foi indicada para ficar de quarentena, aguardando o resultado dos exames. Por causa disso, resolveu viajar para Pau dos Ferros, no interior do RN, para ficar com familiares. Como seu domicílio é em São Miguel do Gostoso, a cidade aparece na estatística de casos suspeitos.

Por último, uma alerta.  É necessário que moradores da cidade que estavam viajando, de férias ou negócios, tanto no Brasil como no exterior, obedeçam os protocolos de quarentena. Fiquem em casa por pelo menos 14 dias, prazo que o vírus leva no corpo para se manifestar e surgir sintomas da doença.

Todos nós temos responsabilidades para evitar a propagação deste maldito vírus. Portanto, temos que adotar medidas - tanto pessoais, como familiares e empresariais - para evitar que o Coronavirus chegue e se propague em São Miguel do Gostoso.

Se nossa cidade estiver blindada para este mal, com certeza seu efeito será bem menor entre nós.

Autor(a): Eliana Lima