Política

em 2 abril, 2020

Tem que ver isso aí, hein?!

Foto: Fernando Frazão /Agência Brasil

Nesses tempos de pandemia que leva a decretos de calamidade e emergência, de federal a estadual e municipal, o dinheiro público corre fácil, com liberações de vários trâmites comuns da burocracia para o zelo com a coisa pública.

Como nem em casos de tragédias os aproveitadores de plantão dão trégua, a contar os bilionários desvios de dutos de corrupção, o juiz federal Marcelo Bretas, responsável pela Lava-Jato no Rio de Janeiro, atentou no seu perfil do Twitter:

- A recente experiência brasileira com investigações criminais por desvios de dinheiro público, em especial na área da Saúde, indica que é da maior importância que os bilhões de reais que serão gastos emergencialmente em todo país sejam objeto de cuidadosa fiscalização.

É isso. Que os órgãos de fiscalização não descansem com suas lupas.

Olho vivo e faro fino!

Autor(a): Eliana Lima